Avaliação cintilográfica e histopatológica de transplantes ósseos autógenos, homógenos frescos e homógenos congelados do arco zigomático : estudo experimental em coelhos

Avaliação cintilográfica e histopatológica de transplantes ósseos autógenos, homógenos frescos e homógenos congelados do arco zigomático : estudo experimental em coelhos

Autor Ferreira, José Carlos Ronche Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Andrews, Jorge de Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Pós-graduação Cirurgia Translacional – São Paulo
Resumo Estudou-se o comportamento de diferentes tipos de transplantes osseos do arco zigomatico em coelhos. Realizaram-se transplantes autogenos, homogenos frescos e homogenos congelados que foram submetidos as avaliacoes cintilografica e histopatologica em periodos pos-operatorios de duas, seis e 16 semanas. Os indices cintilograficos decresceram nos periodos mais tardios de avaliacao, o que tambem ocorreu com a atividade osteoblastica. A neoformacao ossea aumentou com o passar do tempo, assim como a viabilidade da medula ossea e a fusao das corticais do transplante com o leito receptor. Os transplantes homogenos congelados apresentaram comportamento semelhante ao dos transplantes autogenos, embora as respostas tenham sido de menor intensidade. Na fase tardia, os transplantes homogenos frescos apresentaram os maiores indices de atividade osteoclastica e queda brusca da atividade osteoblastica, sugerindo maior tendencia a absorcao. Concluiu-se que os transplantes homogenos congelados mantiveram sua capacidade de osteoinducao, o que justifica sua utilizacao clinica

The behavior of several kinds of bone transplants of the zygomatic arch in rabbits were studied. Autogenous, fresh homogenous and frozen homogenous transplants were carried out and assessed through scintigraphy and histopathology within post-surgical periods of two, six and 16 weeks. Scintigraphics rates decreased after longer periods of assessment which also occurred in relation to osteoblastic activity. The osseous neoformation has incresead as time went by as well as the viability of the bone marrow and the fusion of the cortices. Frozen homogenous transplants behavior seemed to be similar to the autogenous transplants, although with weaker responses. Fresh homogenous transplants showed the highest rates concerning osteoclastic activity on later phase and sharp fall of osteoblastic activity over the same period, which suggested a higher absorption trend. It has been concluded that frozen homogenous transplants have maintened their osteoinductive capability, which justifies their clinical use.
Assunto Animais
Coelhos
Transplante Ósseo
Bancos de Ossos
Zigoma
Animais
Coelhos
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 1997
Publicado em FERREIRA, José Carlos Ronche. Avaliação cintilográfica e histopatológica de transplantes ósseos autógenos, homógenos frescos e homógenos congelados do arco zigomático : estudo experimental em coelhos. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 1997.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 128 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15368

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta