Tradução para o português e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida medical outcomes study 36-item short-form health survey (SF-36)

Tradução para o português e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida medical outcomes study 36-item short-form health survey (SF-36)

Autor Ciconelli, Rozana Mesquita Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferraz, Marcos Bosi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ciências da Saúde Aplicadas à Reumatologia – EPM
Resumo O Medical Outcomes Short-Form Health Survey (SF-36) e uminstrumento de avaliacao generica de Saúde, originalmente criado na lingua inglesa, de facil administracao e compreensao. E constituido por 36 questoes, que abrangem oito componentes, capacidade funcional, aspectos fisicos, dor, estado geral da Saúde, vitalidade, aspectos sociais, aspectos emocionais e Saúde mental avaliadas por 35 questoes e mais uma questao comparativa entre a Saúde atual e a de um ano atras. O autor desenvolveu uma versao para a lingua portuguesa apos processo de traducao e adaptacao cultural e suas propriedades de medida, ou seja, reprodutibilidade e validade foram avaliadas em pacientes brasileiros portadores de artrite reumatoide. O questionario foi administrado por entrevistas, devido ao baixo nivel socio-economico e de analfabetismo dos nossos pacientes. Apenas duas questoes foram identificadas e modificadas na fase de adaptacao cultural. O tempo medio de administracao do questionario foi de 7 minutos. A avaliacao da reprodutibilidade intra e inter-observador do instrumento demonstrada pelo coeficiente de correlacao de Pearson foi satisfatoria e estatisticamente significante para os 8 componentes, variando de 0,4426 a 0,8468 e de 0,5542 a 0,8101, respectivamente. A avaliacao da validade construtiva tambem foi satisfatoria e estatisticamente significante, quando os componentes capacidade funcional, aspectos fisicos, dor e estado geral da Saúde, foram correlacionados aos parametros clinicos como numero de articulacoes dolorosas e edemaciadas, avaliacao de atividade da doenca pelo paciente e pelo medico e avaliacao da dor. Encontramos tambem correlacoes clinicamente importantes e estatisticamente significantes (p<0,01) para dimensoes similares entre o SF-36 e os questionarios HAQ, AIMS-2 e NHP. A versao para a lingua portuguesa do SF-36 e um parametro reprodutivel e valido para ser utilizado na avaliacao da qualidade de vida de pacientes brasileiros portadores de artrite reumatoide.

The Medical Outcomes Short-Form Health Survey (SF-36) is a generic quality of life instrument, developed in the English language, it is easy to understand and administer. It contains 36 items that are scored as 8 multi-item scales: physical functioning, role-physical, pain, general health perception, vitality, social functioning, role-emotional, mental health, plus a one-item measure of selfevaluated change in health status in the past year. A portuguese version was developed and cross-culturally adapt and its measurement properties of reliability and validity were evaluated in Brazilian patients with rheumatoid arthritis. The instrument was administered by interview because of the high degree of illiteracy and low socio-economic status of our patients. Only two questions were modified in the cross-cultural adaptation phase. It took an average of 7 minutes to complete the questionnaire. The evaluation of the SF-36 was cnically satisfactory and statistically significant for the 8 scales with Pearson’s correlation coefficient ranging from 0.4426 to 0.8468 for the test-retest reliability and from 0.5542 to 0.8101 for the interobserver reliability. The evaluation of the construct validity was also satisfactory and statistically significant when the components physical functioning, role-physical, pain and general health status were correlated with clinical parameters such as number of painful and swollen joints, pain and global disease assessment by patient and physician. For similar dimension scales, the correlation coefficients between SF-36 and HAQ, AIMS-2 and NHP were clinically important and statistically significant (p<0,01). The Brazilian-portuguese version of the SF-36 is a reliable and valid intrument to be used in the evaluation of health status of Brazilian patients with rheumatoid arthritis.
Assunto Artrite Reumatoide
Qualidade de Vida
Idioma Português
Data 1997
Publicado em CICONELLI, Rozana Mesquita - Tradução para o português e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida “Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36)”. São Paulo, 1997. 148 p. Tese (Doutorado em Medicina) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 1997.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 145 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15360

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-3099.pdf
Tamanho: 2.267Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)