Variações anatômicas e sinusopatias: estudo por tomografia computadorizada

Variações anatômicas e sinusopatias: estudo por tomografia computadorizada

Título alternativo Anatomical variations and sinusitis: a computed tomographic study
Autor Kinsui, Marcio M. Autor UNIFESP Google Scholar
Guilherme, Arnaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Yamashita, Helio Kiitiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: Computed tomography has been increasingly used both to identify and to evaluate anatomy variations of nasal cavities that can lead to the development of sinusitis. Purpose: The purpose of the present study is to determine the incidence of mucosal abnormalities in paranasal sinuses found in CT scans of patients with symptons of sinusitis and analyze the correlation between sinusitis and presence of Haller's cell, concha bullosa and nasal septal deviation located in middle meatus. Study Design: Clinical retrospective. Material and Method: Paranasal sinus CT scans were obtained in 150 patients aged 13 years or more, from July 1999 to October 2001. The CT scans were performed in the Department of Radiology of Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina. Patients with history of skull base or sinus surgery and tumor in these regions were excluded. Results: 70% of patients present mucosal abnormalities at least in one paranasal sinus. Maxillary sinusitis were observed in 52,7% of sinus, ethmoidal sinusitis in 28,0%, sphenoidal sinusitis in 13,0% and frontal sinusitis in 8,3%. Concha bullosa was observed in 33,3% of nasal cavities, nasal septal deviation (located in middle meatus) in 23,3% and Haller's cell in 9,3%. Conclusions: The most affected paranasal sinuses were: maxillary, ethmoid, sphenoid and frontal. Correlation between sinusitis and presence of Haller's cell, concha bullosa and nasal septal deviation (located in middle meatus) was not observed.

Introdução: A tomografia computadorizada tem sido cada vez mais utilizada para a identificação e avaliação das variações anatômicas das cavidades nasais que podem levar às sinusites. Objetivo: Avaliar, por meio da tomografia computadorizada, a incidência de espessamento mucoso nos seios paranasais de pacientes com sintomas de sinusite e a correlação entre sinusopatias e presença de célula de Haller, concha média bolhosa e desvio de septo nasal localizado no meato médio. Forma de Estudo: Clínico retrospectivo. Material e Método: Foram avaliadas retrospectivamente 150 tomografias computadorizadas de seios paranasais de pacientes com idade igual ou superior a 13 anos, realizadas no Departamento de Diagnóstico por Imagem da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina, no período de julho de 1999 a outubro de 2001. Foram excluídos os exames de pacientes com pós-operatório de cirurgias de seios paranasais e de base de crânio, além dos portadores de lesões tumorais envolvendo estas regiões. Resultados: 70% dos pacientes apresentavam espessamento mucoso em pelo menos um dos seios paranasais. Observou-se a freqüência de 52,7% de sinusopatia maxilar, 28,0% de etmoidal, 13,0% de esfenoidal e 8,3% de frontal. Concha média bolhosa foi encontrada em 33,3% das cavidades nasais, desvio de septo nasal localizado no meato médio em 23,3% e célula de Haller em 9,3%. Conclusões: Os seios paranasais mais freqüentemente acometidos foram, em ordem decrescente: maxilar, etmoidal, esfenoidal e frontal. Não foi observado correlação entre sinusopatias e presença de célula de Haller, concha média bolhosa e desvio de septo nasal localizado no meato médio.
Palavra-chave anatomy
nasal cavity
turbinates
paranasal sinuses
tomography
anatomia
cavidade nasal
turbinados
seios paranasais
tomografia computadorizada por raios x
Idioma Português
Data de publicação 2002-10-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 68, n. 5, p. 645-652, 2002.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 645-652
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992002000500008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992002000500008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1536

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992002000500008.pdf
Tamanho: 86.93KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta