Colite alérgica: características clínicas e morfológicas da mucosa retal em lactentes com enterorragia

Colite alérgica: características clínicas e morfológicas da mucosa retal em lactentes com enterorragia

Título alternativo Allergic colitis: clinical and morphological aspects in infants with rectal bleeding
Autor Diaz, Norys Josefina Autor UNIFESP Google Scholar
Patricio, Francy Reis da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Fagundes-Neto, Ulysses Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Instituto Paulista de Gastroenterologia Pediátrica e Nutrição
Resumo BACKGROUND: Recent studies indicate the importance of eosinophilis infiltrated in the rectal mucous which jointly with the clinical features can serve to establish the diagnostic of allergic colitis. AIM: To describe prospectively, the clinical features and morphological abnormalities of the rectal mucosa in patients with rectal bleeding and clinical diagnosis of cow's milk allergy. METHODS: Clinical features of 20 infants under 6 months of age were described. Morphological findings in rectal mucosa were compared with control group, with suspicion of congenital megacolon. RESULTS: The mean age of the patients was 97 ± 47 days, rectal bleeding started before 120 days in 85% of them; 40% were breastfed, 60% cow's milk formula or both. The most striking morphological feature, in 18 patients, was eosinophilic infiltration in the rectal mucosa. There was a significant statistical difference when these values were compared with control group. CONCLUSIONS: The increased number of eosinophils in the rectal mucosa represent the most important characteristic of allergic colitis, in patients under 6 months, with rectal bleeding, when breastfed, cow's milk formula or both.

RACIONAL: Recentes estudos indicam a importância do infiltrado eosinofílico na mucosa retal que, juntamente com os dados clínicos, pode servir para estabelecer o diagnóstico de colite alérgica. OBJETIVOS: Descrever, prospectivamente, as características clínicas e a morfologia da mucosa retal em pacientes com enterorragia e suspeita diagnóstica de alergia às proteínas do leite de vaca. MATERIAL E MÉTODOS: Foram estudados 20 pacientes, menores de 6 meses para descrever suas características clínicas e a histologia da mucosa retal que foi comparada com um grupo controle, com suspeita de megacólon congênito. RESULTADOS: A idade média dos pacientes foi 97 ± 47 dias; enterorragia teve início antes dos 120 dias em 85% deles; em vigência de aleitamento materno (40%) artificial ou misto (60%). O achado histológico, estatisticamente significativo, foi o infiltrado aumentado de eosinófilos, na mucosa retal, em 18 pacientes. CONCLUSÃO: Pode-se afirmar que esses achados constituem, associados aos dados clínicos, os mais importantes elementos no diagnóstico de colite alérgica, em pacientes menores de 6 meses com enterorragia, que estejam recebendo aleitamento materno e/ou aleitamento artificial.
Palavra-chave Milk hypersensitivity
Colitis
Intestinal mucosa
Infant
Hipersensibilidade a leite
Colite
Mucosa intestinal
Lactente
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2002-10-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 39, n. 4, p. 260-267, 2002.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 260-267
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032002000400010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032002000400010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1532

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032002000400010.pdf
Tamanho: 41.93KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta