Distribuição das mucinas nos carcinomas gástricos

Distribuição das mucinas nos carcinomas gástricos

Autor Silva Júnior, João Péricles da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Stávale, João Norberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo desse trabalho foi estudar o padrao de producao de mucinas nos carcinomas gastricos e, utilizando uma classificacao histogenetica, verificar o padrao de distribuicao, entre os tipos histologicos considerados. O material foi constituido de 123 pecas cirurgicas, provenientes de gastrectomias por cancer de estomago, obtidos no Servico de Anatomia Patologica do Hospital São Paulo, SP; Servico de Anatomia Patologica do Hospital Universitario, Florianopolis, SC e AP-Anatomia Patologica, servico privado em Florianopolis, SC. Os tipos de mucinas observados, entre os 123 casos, mostrou sua distribuicao em quatro classes principais: a- Mucinas exclusivamente neutras; b- Combinacao com predominio de mucinas neutras/sialomucinas; c- Combinacao com predominio de sialomucinas/mucinas neutras; d- Predominio de mucinas acidas, compreendendo duas subclasses; d1- Sialomucinas exclusivas, d2- Combinacao com predominio de sialomucinas/sulfomucinas. A distribuicao, considerando-se o carcinoma gastrico como uma entidade unica, foi irregular e nao apresenta predominio absoluto de qualquer uma das classes de mucinas consideradas, o mesmo ocorrendo quando se utilizou da classificacao de LAUREN (1965), recomendada para estudos epidemiologicos; seja entre os carcinomas de tipo intestinal, seja entre os carcinomas de tipo difuso. A correlacao das classes de mucinas observadas, quando se empregou a classificacao de MULLIGAN & REMBER (1954), modificada exibiu diferencas de distribuicao entre os tipos histologicos considerados. O carcinoma de tipo intestinal (como definido nesta classificacao) apresentou nitida tendencia de exibir classes com predominio de mucinas acidas, em 92,22 por cento das vezes; sendo que em 76,18 por cento dos casos, classes com presenca exclusiva de mucinas acidas foram as unicas a ocorrer. O carcinoma tipo piloro-cardicas exibiu nitida tendencia a apresentar classes com predominio de mucinas neutras em 85,71 por cento dos casos, isoladas ou associadas a sialomucina. O carcinoma tipo anel de sinete exibiu padrao de distribuicao irregular entre as classes de mucinas: a) exclusivamente neutras; b)combinacao mucinas neutras/sialomucinas; c) combinacao sialomucinas/mucinas neutras e d) ocorrencia de mucinas exclusivamente acidas, correspondendo a combinacao sialomucinas/sulfomucinas. O carcinoma tipo anaplasico, exibiu padrao de distribuicao que tendeu a fugir das classes de mucinas exclusivamente acidas e, apresentou tres classes principais: a) mucinas exclusivamente neutras; b) combinacao mucinas neutras/sialomucinas; c) combinacao sialomucinas/mucinas neutras. Esta diferenca entre estes dois grupos de carcinomas possibilita pessoas em possiveis diferencas histologicas e, consequentemente, etiologicas entre as neoplasias. A ocorrencia de metaplasia na mucosa adjacente a carcinomas gastricos demonstrou nitida correlacao entre sua intensidade e o carcinoma de tipo intestinal. O padrao de mucinas mais frequentemente observado a combinacao sialomucinas/mucinas neutras, sulfomucinas observadas menos frequentemente e, em relacao ao carcinoma gastrico de tipo intestinal, sua presenca apresentou menor importancia do que a intensidade da metaplaisa presente
Palavra-chave Neoplasias gástricas
Mucinas
Classificação
Idioma Português
Data de publicação 1997
Publicado em São Paulo: [s.n.], 1997. 137 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 137 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15313

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta