Tratamento da epilepsia na infância

Tratamento da epilepsia na infância

Título alternativo Treatment of epilepsy in childhood
Autor Yacubian, Elza Márcia Targas Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: due to the development of new antiepileptic drugs, epilepsy treatment has presented substantial progress in the last decade. In spite of presenting more adequate profile, these drugs have not shown better efficiency in seizure control than the traditional drugs. The objective of this revision is to provide up-to-date data for the treatment of epilepsy in childhood and the role of the new antiepileptic drugs. Sources: bibliographic review has been performed at Medline for the last 10 years, and the most pertinent papers and abstracts presented in International Epilepsy Meetings were selected. Summary of the findings: the new antiepileptic drugs could be indicated in the treatment of some specific epileptic syndromes. Serious side effects have been described with the use of these drugs. Conclusions: the traditional drugs must be considered as the primary choice in the treatment of ordinary epilepsy.

Objetivo: com o desenvolvimento de novas drogas antiepilépticas, a terapêutica das epilepsias apresentou substancial progresso na última década. No entanto, apesar do perfil farmacocinético mais adequado, estas não têm mostrado maior eficácia no controle das crises do que as drogas tradicionais. O objetivo desta revisão é fornecer dados atuais do tratamento das epilepsias da infância e sobre o papel das novas drogas antiepilépticas. Fontes dos dados: procedemos a um levantamento bibliográfico no Medline, abrangendo os últimos dez anos, e selecionamos os artigos publicados na literatura e os últimos trabalhos apresentados em congressos internacionais, que relatam resultados do tratamento da epilepsia na infância com drogas antiepilépticas. Síntese dos dados: as novas drogas antiepilépticas podem ser indicadas no tratamento de algumas síndromes epilépticas específicas. Efeitos colaterais sérios são descritos com algumas delas. Conclusões: as drogas tradicionais devem ser consideradas como as de primeira escolha no tratamento das epilepsias em geral.
Palavra-chave childhood epilepsy
antiepileptic drugs
prognosis
epilepsia na infância
drogas antiepilépticas
prognóstico
Idioma Português
Data de publicação 2002-08-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 78, p. S19-S27, 2002.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão S19-S27
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000700005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0021-75572002000700005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1507

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572002000700005.pdf
Tamanho: 343.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta