Acesso endoscópico para tratamento de mucoceles fronto-etmoidais

Acesso endoscópico para tratamento de mucoceles fronto-etmoidais

Título alternativo Endoscopic endonasal approach for fronto-ethmoidal sinus mucoceles
Autor Santos, Rodrigo P. Google Scholar
Barbosa, Luiz H. F. Google Scholar
Belfort, Marco A Google Scholar
Ferri, Ricardo Gimenes Autor UNIFESP Google Scholar
Gregório, Luiz Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: The mucocele is an expansive benign tumor due to the filling of a closed cavity with mucus. Frequently involving the fronto-ethmoidal sinus, it is a rare otolaryngological condition. The etiology is divided into inflammatory and obstructive causes. Aim: To evaluate the endoscopic endonasal surgical approach for fronto-ethmoidal sinus mucoceles. Study design: Clinical prospective. Material and method: Thirteen patients were followed during the period of January of 2000 to April of 2001, regarding the clinical findings, evolution and surgical results. Results: All patients presented proptosis as the major symptom. Seven patients had the inflammatory form and two the obstructive one. Two patients presented ophthalmologic complications and underwent orbital decompression associated with the endoscopic endonasal technique. There were no recurrences in our study. Conclusions: The endoscopic endonasal approach for fronto-ethmoidal sinus mucoceles is an effective treatment for the disease, avoiding the complications of the early techniques.

Introdução: A mucocele, lesão benigna expansiva decorrente do acúmulo de secreção em cavidade fechada, é uma afecção rara em otorrinolaringologia, acometendo principalmente os seios frontal e etmoidal. Podemos dividir a etiologia em forma obstrutiva e inflamatória. Objetivo: Avaliar a eficácia do tratamento cirúrgico para mucoceles fronto-etmoidais pela técnica endoscópica isolada. Forma de estudo: Clínico prospectivo. Material e método: Foram estudadas a apresentação clínica, evolução e resultado de 13 casos de mucoceles durante o período de janeiro de 2000 a abril de 2001. Resultado: Dos pacientes tratados, 7 tinham como etiologia a forma inflamatória e 2 a forma obstrutiva, todos apresentando proptose como queixa principal. Dois pacientes apresentaram complicações oftalmológicas, sendo necessária concomitante a marsupialização endoscópica, a descompressão de órbita. Nenhum paciente apresentou recidiva após acompanhamento que variou de 7 a 22 meses. Conclusão: A via endoscópica é efetiva no tratamento cirúrgico das mucoceles e evita complicações das técnicas usadas anteriormente.
Palavra-chave surgical access
mucocele
fronto-ethmoidal
cirurgia
mucocele
fronto-etmoidal
Idioma Português
Data de publicação 2002-05-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 68, n. 3, p. 326-329, 2002.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 326-329
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992002000300006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992002000300006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1422

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992002000300006.pdf
Tamanho: 1.233MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta