CA72-4 e CEA no soro e no lavado peritonial de doentes com câncer gástrico

CA72-4 e CEA no soro e no lavado peritonial de doentes com câncer gástrico

Título alternativo CA72-4 and CEA in serum and peritoneal washing in gastric cancer
Autor Mandorwski, Sandra Autor UNIFESP Google Scholar
Lourenço, Laércio Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Forones, Nora Manoukian Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Background - The treatment and the prognosis of gastric cancer patients depends mainly on clinical stage. Serum and peritoneal tumoral markers levels can be helpful to evaluate individual risk for recurrence. Aims - To evaluate the sensibility of the tumoral markers in the serum and in the peritoneal washing on diagnosis of gastric cancer. Patients and Methods - Forty patients with adenocarcinoma of the stomach (11 stage I or II and 29 III or IV) and 24 patients with benign diseases were studied prospectively. All of them were submitted to laparotomy. Blood and peritoneal washed was collected during surgery before tumoral resection, for determination of CEA and CA72-4. Results - CEA and CA 72-4 serum levels were elevated in 25% and 47,5% respectively. Through the curves ROC, we defined the cut-off values for the markers in washed peritoneal fluid. Through these values CEA and CA72-4 rose in 60% and 57.5% respectively. The values of CEA and of CA 72-4 in the serum and in washed peritoneal fluid were higher in cancer patients stage III and IV. CEA levels in the peritoneal washed fluid were higher in the patients with tumor T3-4. Washed peritoneal CA72-4 differed the control group from the cancer group. Conclusion - CA72-4 was the most sensitive marker in the serum of the patients with gastric cancer. Otherwise in the washing peritoneal fluid the most sensitive marker was CEA. These levels were higher in patients with surpass the serosa and lower in patients with mucosa or muscular tumors.

Racional - O tratamento e o prognóstico dos pacientes com câncer gástrico dependem, principalmente, do estádio clínico. Os marcadores tumorais séricos e do lavado peritonial podem auxiliar a avaliar o risco de recurrência da doença. Casuística e Métodos - Quarenta pacientes com câncer gástrico (11 estádio I ou II e 29 estádio III ou IV) e 24 com doença benigna foram estudados prospectivamente. Todos os doentes foram submetidos a laparotomia. O sangue e o lavado peritonial foram colhidos durante o ato cirúrgico, antes da retirada do tumor, para determinação dos marcadores CEA e CA72-4. Resultados - Vinte e cinco por cento e 47,5% dos pacientes com câncer gástrico apresentam elevação dos níveis séricos de CEA e CA72-4. Através das curvas ROC definiram-se os valores de corte dos marcadores no lavado peritonial. Através destas curvas, observaram-se que 60% e 57,5% apresentavam CEA e CA72-4 elevado, respectivamente no grupo com câncer gástrico. Os valores de CEA e CA72-4 foram maiores nos pacientes estádios III e IV. No lavado peritonial, os níveis de CEA foram maiores nos doentes com tumores T3-4. Os valores de CA72-4 no lavado peritonial diferenciaram o grupo controle do grupo com câncer gástrico. Conclusão - O CA72-4 foi o marcador sérico mais sensível no diagnóstico de câncer gástrico. Entretanto, no lavado peritonial, o marcador mais sensível foi o CEA. Os valores de CEA foram superiores nos tumores que ultrapassam a serosa e inferiores nos tumores que se restringem a mucosa e muscular.
Palavra-chave Antigens, tumor-associated, carbohydrate
Carcinoembryonic antigen
Tumor markers, biological
Peritoneal lavage
Stomach neoplasms
Antígenos glicosídicos associados a tumores
Antígeno carcinoembrionário
Marcadores biológicos de tumor
Lavagem peritonial
Neoplasias gástricas
Idioma Português
Data de publicação 2002-03-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 39, n. 1, p. 17-21, 2002.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 17-21
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032002000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032002000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1368

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032002000100004.pdf
Tamanho: 79.23KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta