Eficácia da solução de cloreto de sódio a 7,5% com e sem dextran 70 a 6% na preservação da função renal de cães hipovolêmicos submetidos à isquemia-reperfusão

Eficácia da solução de cloreto de sódio a 7,5% com e sem dextran 70 a 6% na preservação da função renal de cães hipovolêmicos submetidos à isquemia-reperfusão

Título alternativo Efficacy of 7.5% hypertonic sodium chloride, with and without 6% dextran 70, in renal function preservation of hypovolemic dogs submitted to ischemia-reperfusion
Eficacia de la solución de cloreto de sodio a 7,5% con y sin dextran 70 a 6% en la preservación de la función renal de canes hipovolémicos sometidos a isquemia-reperfusión
Autor Rodrigues Júnior, Geraldo Rolim Google Scholar
Amaral, José Luiz Gomes do Autor UNIFESP Google Scholar
Castiglia, Yara Marcondes Machado Google Scholar
Marques, Mariangela Esther Alencar Google Scholar
Instituição Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND AND OBJECTIVES: Sodium chloride hypertonic solutions, with or without hyperoncotic colloids, may be effective in protecting kidney against hypovolemia. This experiment aimed at evaluating, in dogs, the real benefit of these solutions on renal function in the presence of hypovolemia and ischemia. METHODS: Experiments were performed in 24 mixed-breed dogs anesthetized with sodium pentobarbital, submitted to right nephrectomy and volume expansion with Ringer s solution (1 ml.kg-1.min-1). Renal morphological and physiological changes were studied after 20 ml.kg-1 hemorrhage and 30 min of total left renal ischemia followed by reperfusion, in addition to renal repercussion of 7.5% NaCl (HS) and 7.5% NaCl in 6% dextran 70 (HSD). The following parameters were studied: HR, MBP, inferior vena cava pressure, renal blood flow, renal vascular resistance, hematocrit, Na+, K+, plasma osmolarity, PaO2, PaCO2 and pH; clearance (para-aminohipuric acid - PAH-1, creatinine, free water, osmolar, Na+ and K+), filtration fraction, urine output and osmolarity, sodium and potassium urine and fractionated excretions; rectal temperature; and kidney histopathology. Atributes where studied in five moments in three groups (G1, G2 and G3). RESULTS: There has been a statistically significant increase in mean blood pressure in G2 and G3. RVR was higher in G1; RBF and PAH clearance were higher in G3; Na+ fractionated excretion was increased in G2 and G3; creatinine, free water, osmolar, Na+ and K+ clearances, diuresis, and urinary excretions of Na+ and K+ were higher in G3. CONCLUSIONS: HSD infusion 15 min after mild hemorrhage and 30 min before ischemia was effective in protecting kidney of dogs from ischemia-reperfusion repercussions. There have been no histopathologic changes under optical microscopy.

JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las soluciones hipertónicas de cloreto de sodio, asociadas o no a coloides hiperoncóticos, pueden ser eficaces en proteger el riñón en situaciones de hipovolemia. El objetivo de este estudio fue verificar en canes, el real beneficio de esas soluciones sobre la función renal, en vigencia de hipovolemia e isquemia del órgano. MÉTODO: En 24 canes, anestesiados con pentobarbital sódico, sometidos a nefrectomia derecha y a expansión volémica con solución de Ringer. Fueron observadas posibles alteraciones renales morfo-funcionales después hemorragia de 20 ml.kg-1 y treinta minutos de total isquemia renal izquierda, con posterior reperfusión, además de la repercusión renal da administración de soluciones de cloreto de sodio 7,5% (SH) y ésta en dextran 70 a 6% (SHD). Atributos estudiados: FC, PAM, presión de vena cava inferior, flujo sanguíneo renal, resistencia vascular renal, hematócrito, Na+, K+, osmolaridad plasmática, PaO2, PaCO2 y pH, depuración (para-aminohipurato de sodio - PAH-1, creatinina, osmolar, agua libre, Na+, K+), fracción de filtración, volumen y osmolaridad urinarios, excreciones urinarias y fraccionarias de Na+ y K+, temperatura rectal y examen histopatológico del riñón. Los atributos fueron estudiados en tres grupos (G1, G2 y G3) y en cinco momentos. RESULTADOS: Hubo elevación estadísticamente significativa de la presión arterial media en G2 y G3, de la resistencia vascular renal en G1, del flujo sanguíneo renal y de la depuración de PAH en G3, de la excreción fraccionaria de Na+ en G2 y G3, de las depuraciones de creatinina, osmolar, de agua libre y de Na+ y K+, de la excreción urinaria de Na+ y K+ y del volumen urinario en G3. CONCLUSIONES: La SHD administrada 15 minutos después de hemorragia moderada y 30 min antes de insulto isquémico de 30 min fue eficiente en proteger el riñón de los canes de las repercusiones de la isquemia-reperfusión. No fue constatada alteración histopatológica renal a la microscópia óptica.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As soluções hipertônicas de cloreto de sódio, associadas ou não a colóides hiperoncóticos, podem ser eficazes em proteger o rim em situações de hipovolemia. O objetivo deste estudo foi verificar, em cães, o real benefício dessas soluções sobre a função renal, em vigência de hipovolemia e isquemia do órgão. MÉTODO: Em 24 cães, anestesiados com pentobarbital sódico, submetidos à nefrectomia direita e à expansão volêmica com solução de Ringer (1 ml.kg-1.min-1), foram observadas possíveis alterações renais morfo-funcionais após hemorragia de 20 ml.kg-1 e trinta minutos de total isquemia renal esquerda, com posterior reperfusão, além da repercussão renal da administração de soluções de cloreto de sódio 7,5% (SH) e esta em dextran 70 a 6% (SHD). Atributos estudados: FC, PAM, pressão de veia cava inferior, fluxo sangüíneo renal, resistência vascular renal, hematócrito, Na+, K+, osmolaridade plasmática, PaO2, PaCO2 e pH, depuração (para-aminohipurato de sódio - PAH-1, creatinina, osmolar, água livre, Na+, K+), fração de filtração, volume e osmolaridade urinários, excreções urinárias e fracionárias de Na+ e K+ e exame histopatológico do rim. Os atributos foram estudados em três grupos (G1, G2 e G3) e em cinco momentos. RESULTADOS: Houve elevação estatisticamente significativa da pressão arterial média em G2 e G3, da resistência vascular renal em G1, do fluxo sangüíneo renal e da depuração de PAH em G3, da excreção fracionária de Na+ em G2 e G3, das depurações de creatinina, osmolar, de água livre e de Na+ e K+, da excreção urinária de Na+ e K+ e do volume urinário em G3. CONCLUSÕES: A SHD administrada 15 minutos após hemorragia moderada e 30 minutos antes de insulto isquêmico de 30 minutos foi eficiente em proteger o rim de cães das repercussões da isquemia-reperfusão. Não foi constatada alteração histopatológica renal à microscopia óptica.
Palavra-chave ANIMAL
VOLEMIA
ANIMAL
VOLEMIA
Idioma Português
Data de publicação 2002-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Anestesiologia. Sociedade Brasileira de Anestesiologia, v. 52, n. 1, p. 41-54, 2002.
ISSN 0034-7094 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Extensão 41-54
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942002000100006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-70942002000100006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1352

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-70942002000100006.pdf
Tamanho: 160.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta