Staggered spondaic word test in epileptic patients

Staggered spondaic word test in epileptic patients

Autor Ortiz, Karin Zazo Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Liliane Desgualdo Autor UNIFESP Google Scholar
Borges, Alda Christina Lopes de Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Vilanova, Luiz Celso Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Hospital Israelita Albert Einstein
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT: Auditory processing during childhood may be altered if there is any predisposing factor during the course of development. Neurological disorders are among the risk factors for auditory processing impairment. From this perspective, epileptic children present such a risk factor and could present auditory processing dysfunction. OBJECTIVE: To evaluate central auditory processing in epileptic patients using the Staggered Spondaic Word Test (SSW) in order to verify whether these patients presented auditory disorders and whether the type of crisis partial or generalized played a role in the occurrence and type of disorder. SETTING: Tertiary care hospital. SAMPLE: Thirty-eight children and adolescents, ranging from 7 to 16 years old, with a diagnosis of epilepsy divided into two groups: 23 patients with partial crisis and 15 patients with generalized crisis. MAIN MEASUREMENTS: Performance in the Staggered Spondaic Word Test versus epileptic crisis type (partial or generalized). RESULTS: The majority of epileptic patients showed central auditory processing disorders. There were no differences in relation to crisis type. Both groups showed similar performance, although the results observed for these patients differ from what is obtained with normal populations. With regard to response bias, there were also no differences in performance between subjects with partial or generalized seizures. All possible disorders were found in both groups, without the prevalence of one specific disorder over the other. CONCLUSIONS: This study revealed a high prevalence of disorders among epileptic patients in relation to processing partially overlapped verbal sounds in a dichotic paradigm.

CONTEXTO: O processamento da informação auditiva na infância pode ser alterado se houver algum fator predisponente durante o desenvolvimento. As alterações neurológicas são um fator de risco para distúrbios no processamento da informação auditiva. Nesta perspectiva, crianças com epilepsia teriam um fator de risco e poderiam apresentar alterações do processamento auditivo. OBJETIVO: Avaliar o processamento auditivo central de pacientes epilépticos por meio do teste Staggered Spondaic Word Test (SSW), a fim de verificar se estes pacientes apresentavam alteração e se o tipo de crise ¾ parcial ou generalizada ¾ interferiria na ocorrência e no tipo da desordem. LOCAL: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Hospital Israelita Albert Einstein. AMOSTRA: 38 crianças e adolescentes, na faixa etária compreendida entre 7 e 16 anos, com diagnóstico neurológico de epilepsia, reunidos em dois grupos: um formado por 23 pacientes que apresentavam crise parcial e outro formado por 15 pacientes que apresentavam crise generalizada. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Desempenho dos indivíduos no teste dicótico de dissílabos alternados (Staggered Spondaic Word Test ¾ SSW) x tipo de crise epiléptica ¾ parcial ou generalizada. RESULTADOS: A maior parte dos pacientes com epilepsia apresentou alteração do processamento auditivo central, identificadas no teste SSW. Não houve diferenças em relação ao tipo de crise, generalizada ou parcial, tendo ambos os grupos apresentado desempenho similar, porém diferente do encontrado na população normal. Em relação às tendências de erros, também não foram observadas diferenças de desempenho, entre os indivíduos com crise epiléptica parcial ou generalizada, tendo sido encontrados todos os tipos de alterações, sem se caracterizar a ocorrência de uma alteração específica para algum dos grupos estudados. CONCLUSÕES: Neste estudo ficou demonstrada a alta prevalência de alterações no processamento dos sons verbais parcialmente sobrepostos em tarefa dicótica em pacientes epilépticos.
Palavra-chave Epilepsy
Auditory Perception
Central
Auditory
Processing
Epilepsia
Percepção Auditiva
Processamento
Auditivo
Central
Idioma Inglês
Data de publicação 2002-01-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 120, n. 6, p. 185-188, 2002.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 185-188
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802002000600006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802002000600006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1329

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802002000600006.pdf
Tamanho: 165.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta