Resultados da conjuntivodacriocistorrinostomia com implante de prótese lacrimal de polietileno de baixa densidade

Resultados da conjuntivodacriocistorrinostomia com implante de prótese lacrimal de polietileno de baixa densidade

Título alternativo Results of conjunctivo-dacryocystorhinostomy with low-density polyethylene tube implant
Autor Bison, Simone Autor UNIFESP Google Scholar
Soccol, Ovídio Google Scholar
Scarpi, Marinho Jorge Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de São Paulo Departamento de Oftalmologia
Resumo Purpose: To analyze the postoperative complications of conjunctivodacryocystorhinostomy with low-density polyethylene tube and the possible correlations between the various etiologies and complications and surgical success rate. Methods: The study was carried out on 35 lacrimal apparatus of 34 patients who were submitted to conjunctivodacryocystorhinostomy with low-density polyethylene tube during a six-year period, from August 1991 to November 1997. With the aim of studying the possible correlations between the findings (etiology x complications and etiology x success rate) exact Fisher's test was carried out. Results: The most important etiologies were chronic dacryocystitis and failure of dacryocystorhinostomy (53.9%) followed by traumatisms (16.3%). The complication rate was 74.3%. The surgical success rate in one intervention was 25.7%. After two or more surgeries, 17 tubes became pervious and well-located (48.6%). Unsuccessful procedures occurred in 25.7% of the lacrimal apparatus. There was no significant correlation between etiology and complication occurrence neither between etiology and surgical success. Conclusions: There is no difference between complications and success in this study and those reported in the international literature. These findings were not correlated with the obstruction etiology. The advantages of low-density polyethylene tube are its great availability, the easy manufacture in the intraoperative period according to the lenght and width needs of and, finally, it can be exchanged for borosilicate glass when the edema regress.

Objetivos: Estabelecer quais são as complicações pós-operatórias da conjuntivodacriocistorrinostomia (CDCR) com implante de prótese lacrimal de polietileno de baixa densidade e relacionar a etiologia da obstrução e o aparecimento destas complicações e, conseqüentemente, o sucesso pós-operatório. Métodos: Foram analisadas 35 vias lacrimais submetidas a conjuntivodacriocistorrinostomia com implante de prótese lacrimal de polietileno. Com a finalidade de estudar as possíveis relações entre as variáveis encontradas (etiologia x complicações e etiologia x sucesso) realizou-se o teste exato de Fisher. Resultados: As etiologias de obstrução mais freqüentes foram a dacriocistite crônica e pós-dacriocistorrinostomia que, em conjunto, foram responsáveis por 53,9% dos casos. Os traumatismos ocasionaram 16,3% das obstruções. A taxa de complicações encontrada foi 74,3%. A conjuntivodacriocistorrinostomia apresentou sucesso em uma única intervenção cirúrgica em 9 vias lacrimais (25,7%). Após duas ou mais intervenções cirúrgicas, 17 próteses lacrimais tornaram-se pérvias e bem localizadas (48,6%). O insucesso ocorreu em 9 vias lacrimais (25,7%). Não houve relação estatisticamente significante entre etiologia e ocorrência de complicações nem entre etiologia e sucesso pós-operatório. Conclusões: As complicações encontradas são similares às descritas na literatura e não tiveram relação com a etiologia da obstrução canalicular. O mesmo pode ser considerado no que se refere ao sucesso da conjuntivodacriocistorrinostomia. As vantagens da prótese lacrimal de polietileno de baixa densidade são a grande disponibilidade, a fácil confecção no per-operatório de acordo com o comprimento e o diâmetro do colarete desejados e pode ser substituída pela prótese lacrimal de vidro de borosilicato assim que o edema regrida.
Palavra-chave Lacrimal duct obstruction
Prosthesis implantation
Dacryocystorhinostomy
Postoperative complications
Polyethylene
Treatment outcome
Obstrução dos ductos lacrimais
Implante de prótese
Dacriocistorinostomia
Complicações pós-operatórias
Polietileno, propriedades de superfície
Resultado de tratamento
Idioma Português
Data de publicação 2002-01-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 65, n. 1, p. 15-19, 2002.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 15-19
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492002000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492002000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1311

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492002000100004.pdf
Tamanho: 149.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta