Apendicectomia pelas técnicas de ligadura simples e de sepultamento sem ligadura do coto apendicular: estudo comparativo em coelhos

Apendicectomia pelas técnicas de ligadura simples e de sepultamento sem ligadura do coto apendicular: estudo comparativo em coelhos

Título alternativo Appendicectomy using the tie-and-drop and purse-string technique without ligation of appendicular stump: a comparative study in rabbits
Autor Cabral Junior, Alfredo Soares Google Scholar
Simões, Manuel de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Saul Autor UNIFESP Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Magalhães, Hélio Pereira Google Scholar
Instituição UNISA
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
UNISA Disciplina de Bases de Técnica Cirúrgica e de Anestesia
Resumo BACKGROUND: The purpose of this study was to compare two surgical techniques: tie and drop(A) and purse string without ligation of apendicular stump.(B) METHOD: The study included 36 young male New Zealand inbred rabbits, randomly distributed into two groups of 18, divided into three subgroups of six each, when eutanasia was done after postoperative periods of 7, 14, and 21 days. The animals were macroscopically evaluated according to the wound presence of abscess or dehiscense, and the abdominal cavity was evaluated according to the presence of peritoneal adhesions. Histological evaluation was conducted according to the following parameters: acute and chronic inflammatory infiltration, fibrosis, foreign-body granuloma, necrosis and mucosal layer integrity. RESULTS: No significants differences were found in the macroscopy studies in the postoperative periods of 7, 14 and 21 days, according to the wound presence of abscess or dehiscense; peritoneal adhesions presence were found in both techniques. As regards the histological findings in postoperative day 21, a difference on acute inflammatory infiltration, higher in group B, and the integrity of the mucosal layer, higher in group A were found. Counting of colagenous fibers in postoperative day 21 was significantly higher in group B. CONCLUSION: Regarding the histological findings, tie and drop technique is better than the purse string without ligation of apendicular stump.

OBJETIVO: Comparar as técnicas operatórias de ligadura simples (A) e de sepultamento sem ligadura do coto apendicular (B). MÉTODO: Foram utilizados 36 coelhos da linhagem Nova Zelândia, machos, distribuídos aleatoriamente em dois grupos de 18, divididos respectivamente em subgrupos de seis animais cada um e praticada a eutanásia decorrido o tempo pós-operatório de sete, 14 e 21 dias. Foram avaliados macroscopicamente conforme a ferida operatória estivesse limpa, tivessem abscesso ou deiscência e a cavidade abdominal pela presença de aderências peritoneais. Foi feita avaliação histológica pela presença ou ausência dos seguintes parâmetros: infiltrado inflamatório agudo e crônico, fibrose, granuloma de corpo estranho, necrose e integridade da camada mucosa. RESULTADOS: Nos achados macroscópicos não foram observadas diferenças significantes no sétimo, 14º e 21º P.O. quanto à presença de abscesso e deiscência da ferida operatória entre os grupos A e B; o mesmo ocorreu quanto à presença de aderências peritoneais entre alças intestinais. Nos achados microscópicos houve diferença significante no 21º P.O. quanto ao infiltrado inflamatório agudo maior no grupo B, e à integridade da camada mucosa, maior no A. Na contagem de fibras colágenas houve diferença significante no 21º P.O., maior no grupo B. CONCLUSÃO: Do ponto de vista histológico a técnica de ligadura simples é superior à de sepultamento sem ligadura do coto apendicular.
Palavra-chave Appendicectomy
Surgical Techniques
Rabbits
Apendicectomia
Técnicas Operatórias
Coelhos
Idioma Português
Data de publicação 2001-12-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 28, n. 6, p. 421-428, 2001.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 421-428
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912001000600007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912001000600007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1281

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912001000600007.pdf
Tamanho: 124.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta