Corpo estranho orgânico intra-orbitário: avaliação tomográfica e conduta

Corpo estranho orgânico intra-orbitário: avaliação tomográfica e conduta

Título alternativo Intraorbital organic foreign body: computed tomography and management
Autor Casanova, Fábio Henrique Cacho Autor UNIFESP Google Scholar
Mello Filho, Paulo Augusto de Arruda Autor UNIFESP Google Scholar
Nakanami, Deise Mitsuko Autor UNIFESP Google Scholar
Manso, Paulo Gois Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Purpose: The clinical presentation of orbital foreign bodies is variable. The management and prognosis depends on the composition, location and if there is or not secondary infection. Metallic objects and glass are the most frequently encountered and well-tolerated, while organic foreign bodies can elicit an inflammatory reaction and leads to serious complications. It is frequently difficult to identify and localize organic intraorbital foreign bodies, despite modern imaging methods. Methods: Three patients with intraorbital organic foreign body after penetrating injury were evaluated. Results: All patients were submitted to removal of the foreign body presenting an improved clinical course. Computed Tomography (CT) was essential for evaluation, identification and localization of the foreign body. Conclusion: Preoperative identification of the foreign body in the orbit with the use of computed tomography was very helpful for patient management. The removal of the organic foreign body must be performed in order to avoid complications.

Introdução: A apresentação clínica do corpo estranho intra-orbitário (CEIO) é variada. A conduta e o prognóstico vão depender da composição do corpo estranho, localização e presença ou não de infecção. Objetos metálicos e de vidro são os mais freqüentes e bem tolerados, ao passo que os orgânicos causam maior reação inflamatória, podendo levar a sérias complicações. É freqüentemente difícil identificar e localizar o corpo estranho intra-orbitário apesar dos modernos métodos de exames de imagem. Objetivo: Avaliar a contribuição dos exames de imagem no diagnóstico bem como a conduta adotada em pacientes com corpo estranho intra-orbitário orgânico. Métodos: Foram avaliados 3 pacientes com corpo estranho intra-orbitário de natureza orgânica após trauma penetrante. Resultados: Todos os pacientes foram submetidos à remoção do corpo estranho, apresentando melhora do quadro clínico. A tomografia computadorizada (TC) foi essencial na avaliação, identificação e localização do corpo estranho. Conclusão: A identificação pré-operatória, com auxílio da tomografia computadorizada, do corpo estranho intra-orbitário foi útil para a condução do caso. A remoção do corpo estranho de natureza orgânica deve ser feita com o objetivo de minimizar possíveis complicações.
Palavra-chave Eye foreign bodies
Orbit
X-ray computed tomography
Eye injuries
Prognosis
Case report
Corpos estranhos no olho
Orbita
Tomografia computadorizada por raio-x
Traumatismos oculares
Prognóstico
Relato de caso
Idioma Português
Data de publicação 2001-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 64, n. 4, p. 297-301, 2001.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 297-301
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492001000400005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492001000400005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1209

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492001000400005.pdf
Tamanho: 760.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta