Meningite por aerobacter em recém-nascido de quatro dias

Meningite por aerobacter em recém-nascido de quatro dias

Título alternativo Meningitis due to bacteria of the genus aerobacter in newborn infant
Autor Refinetti, Pedro Google Scholar
Reis, J. Baptista Dos Autor UNIFESP Google Scholar
Aun, Roberto Aidar Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Hospital N. S. Aparecida Departamento de Pediatria
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The present report deals with the clinical course of a four days old newborn infant's meningitis due to bacteria of the genus Aerobacter. The diagnosis was not easily done based on clinical symptoms only. The lumbar puncture, however, revealed a purulent fluid. Treatment consisted in the administration of sulphadiazine by mouth and streptomycin. The latter was given intramuscularly, intrathecally and intraventricularly. During the course of the illness a complication occurred a pyoventriculitis caused by ventricular block. The illness lasted 17 days. The patient died from hydrocephalus. Though clinical cure was not obtained, the medicamentous association proved to interfere with the course of the disease. Its beneficial effects were observed by the prolonged clinical course, by the negative spinal fluid bacteriological test and by the considerable improvement of the lumbar fluid. The autopsy showed chronical histopathological changes.

No presente trabalho, foi apresentado um caso de meningite por bactéria do gênero Aerobacter, em recém-nascido com quatro dias de vida. Foi difícil o diagnóstico baseado ùnicamente em dados clínicos, em virtude da precariedade sintomatológica. A punção lombar, no entanto, forneceu liqüido purulento. Com a terapêutica instituída estreptomicina por via intramuscular, raqueana e ventricular, associada à sulfadiazina a moléstia protelou-se por 17 dias, surgindo, como intercorrência, uma pioventriculite por bloqueio ventrículo-lombar e morte subseqüente a grande dilatação ventricular. Apesar de não ter sido obtida a cura clínica, a associação medicamentosa demonstrou interferir no curso da doença. O seu efeito benéfico comprovou-se pela prolongada evolução clínica, pela negativação dos exames bacteriológicos, e pela grande melhoria do líqüido lombar septado. À necrópsia, os exames histopatológico e bacterioscópico do pus retirado do ventrículo vieram confirmar objetivamente que o processo evoluiu para a cronicidade.
Idioma Português
Data de publicação 1949-09-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 7, n. 3, p. 299-305, 1949.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 299-305
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1949000300005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X1949000300005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/116

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X1949000300005.pdf
Tamanho: 194.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta