Microbiological efficacy of lomefloxacin and other drug's regarding microorganisms isolated from the human conjunctiva

Microbiological efficacy of lomefloxacin and other drug's regarding microorganisms isolated from the human conjunctiva

Título alternativo Atividade biocida da lomefloxacina em relação aos microorganismos isolados de conjuntiva humana
Autor Hofling-Lima, Ana Luisa Autor UNIFESP Google Scholar
Moeller, Cecilia Tobias de Aguiar Autor UNIFESP Google Scholar
Yu, Maria Cecília Zorat Autor UNIFESP Google Scholar
Branco, Bruno Castelo Autor UNIFESP Google Scholar
Farah, Michel Eid Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Purpose: To evaluate and compare the in vitro susceptibility of human conjunctival bacterial isolates to various antimicrobial agents, including lomefloxacin, other fluoroquinolones (ciprofloxacin, norfloxacin, and ofloxacin), aminoglycosides (gentamicin, tobramycin, and amicacin), and cephalosporin (cephalothin). Methods: Antibiotic susceptibility tests conducted over a period of 27 months with 613 bacterial isolates from the conjunctiva were retrospectively analyzed. Results: In relation to the total number of positive isolates, the fluoroquinolones showed greater in vitro effectiveness than the other analyzed antibiotics. All bacterial isolates showed significantly higher susceptibility to ciprofloxacin than to lomefloxacin. Conclusion: The fluoroquinolones are not only equally effective against all conjunctival bacterial isolates, but they also show superior antimicrobial activity in comparison to aminoglycosides and cephalothin. These results suggest that fluoroquinolones, such as lomefloxacin, can be beneficially prescribed for conjunctival infections and also as prophylaxis in ocular surgery.

Objetivo: Avaliar e comparar a atividade biocida in vitro de bactérias isoladas da conjuntiva humana à lomefloxacina, a outras fluorquinolonas (ciprofloxacina, norfloxacina e ofloxacina), aos aminoglicosídeos (gentamicina, tobramicina e amicacina) e à cefalosporina (cefalotina). Métodos: Foram analisados retrospectivamente os resultados dos antibio-gramas realizados no período de 27 meses com 613 bactérias isoladas da conjuntiva. Resultados: A eficácia in vitro das quinolonas de acordo com o total dos isolamentos positivos foi superior em relação aos outros antibióticos avaliados. A suscetibilidade do total de bactérias à ciprofloxacina foi significantemente mais alta quando comparada à lomefloxacina. Conclusão: Os resultados praticamente equivalentes da suscetibilidade de bactérias isoladas da conjuntiva a fluorquinolonas, associado à maior eficácia deste grupo de antimicrobianos em relação aos aminoglicosídeos e à cefalotina, representam uma possibilidade de prescrição de quinolonas, como lomefloxacina, no tratamento de infecções conjuntivais, além do possível uso profilático em cirurgias oculares.
Palavra-chave Quinolones
Fluoroquinolones
Conjunctival diseases
Quinolonas
Fluoroquinolona
Doenças da conjuntiva
Idioma Inglês
Data de publicação 2001-04-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 64, n. 2, p. 147-151, 2001.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 147-151
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492001000200011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492001000200011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1141

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492001000200011.pdf
Tamanho: 163.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta