Fibromialgia: descrição da síndrome em atletas e suas implicações

Fibromialgia: descrição da síndrome em atletas e suas implicações

Título alternativo Fibromyalgia: description of the syndrome in athletes and its implications
Autor Vaisberg, Mauro W. Autor UNIFESP Google Scholar
Baptista, Cláudio A. Google Scholar
Gatti, Cibel O. Google Scholar
Piçarro, Ivan Da Cruz Autor UNIFESP Google Scholar
Rosa, Luiz Fernando P.b. Costa Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
PMSP COTP
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo Fibromyalgia syndrome is a very common feature in the daily practice of rheumatologists. Therapy is based on the use of analgesics, anti-depressants, and other drugs. Many physicians indicate exercise, stretching, and relaxing programs as adjuvant therapies. It was surprising to find fibromyalgia in well-trained athletes. The syndrome, however, appears in athletes that reported recurrent tendon-muscle lesions. In this study, the authors analyzed a group of gymnastics and track and field athletes involved in competitive training. They found a significant incidence of the syndrome (7 in 20 subjects) in this group. This is an important finding, since fibromyalgia causes muscular pain and stiffness, and can predispose the athletes to muscle lesions and damage. Another important point regarding the syndrome is that some of its symptoms are related to overtraining and to the chronic fatigue syndrome. Therefore, the authors suggest that there is an important connection between those aspects.

A fibromialgia é uma patologia de alta prevalência na população geral, cujo tratamento é feito por meio de medicamentos como antiinflamatórios, antidepressivos e miorrelaxantes, que pode ser complementado por medidas físicas como relaxamento, alongamento e exercícios físicos. A observação de fibromialgia entre atletas constatada em exames de rotina, em especial naqueles que apresentavam lesões musculares de repetição, levou os autores a pesquisar, de maneira prospectiva, um grupo de atletas praticantes de ginástica olímpica e atletismo, nos quais puderam confirmar alta incidência desta síndrome. Como a fibromialgia predispõe ao aparecimento de lesões por contratura muscular, sugerem que ela possa atuar como um mecanismo de indução ao surgimento de lesões musculares de repetição. Ainda devido às semelhanças dos sintomas encontrados na síndrome do supertreinamento, síndrome da fadiga crônica e fibromialgia, propõem uma possível ligação entre estes quadros.
Palavra-chave Fibromyalgia
Muscular lesion
Overtraining
Fibromialgia
Lesão muscular
Supertreinamento
Idioma Português
Data de publicação 2001-01-01
Publicado em Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, v. 7, n. 1, p. 14-17, 2001.
ISSN 1517-8692 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Extensão 14-17
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922001000100003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1517-86922001000100003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1091

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-86922001000100003.pdf
Tamanho: 31.95KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta