Estudo comparativo entre ressonância magnética convencional, artro-ressonância magnética e artro-tomografia computadorizada multidetectores do ombro, em esportistas com hipótese diagnóstica de luxação/instabilidade glenoumeral e/ou lesão SLAP

Estudo comparativo entre ressonância magnética convencional, artro-ressonância magnética e artro-tomografia computadorizada multidetectores do ombro, em esportistas com hipótese diagnóstica de luxação/instabilidade glenoumeral e/ou lesão SLAP

Alternative title Comparative study between conventional MRI, MR arthrography and multi-slice CT arthrography of the shoulder, in sportsmen with diagnostic hypothesis of dislocation/glenohumeral instability and/or SLAP lesion
Author Aihara, Andre Yui Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Fernandes, Artur da Rocha Correa Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Radiologia Clínica)
Abstract Alguns radiologistas experientes consideram que, com o desenvolvimento dos aparelhos de RM e com a experiência adquirida, cada vez menos se precisa da introdução intra-articular de contraste no ombro, para a avaliação das estruturas internas, à semelhança do que ocorreu com o menisco e as demais estruturas internas do joelho. O autor desconhece a existência de estudo comparativo entre os três métodos diagnósticos (RMC, ATCM e ARM), efetuados no mesmo paciente, bem como estudo avaliador da variabilidade intra e interobservador para os três métodos. O presente trabalho teve como objetivos: 1. Avaliar a reprodutibilidade da RMC, ATCM e da ARM, separadamente, por meio da análise da concordância e da discordância intraobservador e interobservador. 2. Avaliar a concordância entre os três métodos (RMC, ATCM e ARM) aplicando o teste G de Cochran. 3. Verificar a sensibilidade, especificidade, VPP, VPN e acurácia dos três métodos, utilizando-se a artroscopia como padrão-ouro. Para tanto, foram feitos, prospectivamente, exames de RMC, ATCM e ARM em 32 pacientes. Cada paciente foi submetido aos três tipos de exame que foram realizados em cada paciente, todos os três realizados no mesmo dia de exame. Foram analisados: Lesão do lábio anterior, lesão do lábio superior, lesão do lábio posterior, Bankart ósseo, lesão de Hill-Sachs, lesão do manguito rotador, lesão do tendão da cabeça longa do músculo bíceps braquial e lesão condral. No presente estudo, a RMC, ATCM e ARM mostraram-se métodos com reprodutibilidade semelhante e significativa, particularmente para detecção de lesão do lábio anterior, Bankart ósseo e lesão de Hill-Sachs. Nas lesões do lábio superior, a ARM apresenta maior reprodutibilidade em relação à ATCM e RMC. Para os demais achados, os dados são mais variáveis. A comparação entre os três métodos sugere que os mesmos são comparáveis nos quesitos lesão do lábio anterior, lesão do lábio superior, lesão do lábio posterior, Bankart ósseo, lesão de Hill-Sachs, lesão do TCLB e lesão condral, para a população estudada. Com relação à lesão de manguito rotador, a ATCM não se mostrou comparável à RMC e ARM. Alicerçado nos dados de sensibilidade, especificidade, VPP, VPN e acurácia dos oito pacientes submetidos à artroscopia, acredita-se que a ARM tende a ser melhor do que a ATCM e RMC..
Keywords Ombro
Espectroscopia de ressonância magnética
Tomografia computadorizada por raio X
Artrografia
Lábio
Language Portuguese
Date 2010
Published in São Paulo: [s.n.], 2010. 161 p.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 161 p.
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10638

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account