Análise multivariada dos fatores de risco de perda precoce do enxerto pancreático no transporte simultâneo pâncreas/rim

Análise multivariada dos fatores de risco de perda precoce do enxerto pancreático no transporte simultâneo pâncreas/rim

Título alternativo Multivariate Analysis of Risk Factors for Early Loss of Graft Pancreatic in simultaneous Pancreas Transplant / Kidney
Autor Sousa, Marcelo Goncalves Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Linhares, Marcelo Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar os fatores de risco de perda do enxerto pancreático, até três meses de pós-operatório do transplante simultâneo pâncreas/rim. Métodos: Estudaram-se, retrospectivamente, 170 doentes, submetidos ao transplante simultâneo pâncreas/rim. Trinta e seis variáveis foram selecionadas para o estudo, sendo vinte e duas dos receptores, dez dos doadores e quatro variáveis relacionadas com o procedimento cirúrgico. Para determinação da sobrevida do enxerto pancreático, foram avaliadas as datas dos transplantes, as últimas consultas e as datas dos óbitos, além do estado atual dos doentes (vivos ou mortos) e do órgão (funcionante ou não-funcionante). Para determinação da perda pancreática aos três meses, todas as variáveis independentes foram confrontadas com a variável dependente perda pancreática aos três meses, excluindo as perdas por óbito, por meio de análises univariadas; aquelas que apresentaram significância estatística foram analisadas em conjunto pela técnica da regressão logística múltipla, na tentativa de desenvolver um modelo matemático capaz de predizer a perda precoce do enxerto. Resultados: Nas análises univariadas, as seguintes variáveis apresentaram significância estatística, quando confrontadas com a perda pancreática aos três meses: tempo de isquemia fria do rim, doadores mais velhos, doadores com cor não branca, causa morte do doador de origem cardiocerebrovascular, infecção de ferida operatória e tempo de internação prolongada do receptor. Porém, com a análise multivariada, somente as variáveis idade do doador e tempo de isquemia fria do rim permaneceram no modelo final de perda precoce do enxerto pancreático. Conclusão: Baseado nos resultados desta investigação pode-se concluir que: a idade do doador e o tempo de isquemia fria do rim são fatores independentementes relacionados com a perda pancreática até os três meses no transplante simultâneo pâncreas/rim..
Palavra-chave Transplante de Pâncreas
Transplante de Rim
Rejeição de Enxerto
Fatores de Risco
Diabetes Mellitus Tipo 1
Análise Multivariada
Pancreas Transplantation
Kidney Transplantation
Graft Rejection
Risk Factors
Diabetes Mellitus, Type 1
Multivariate Analysis
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 70 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 70 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10436

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta