A vulnerabilidade sócio-ocupacional de crianças e adolescentes catadoras de material reciclável em Chapecó (SC)

A vulnerabilidade sócio-ocupacional de crianças e adolescentes catadoras de material reciclável em Chapecó (SC)

Alternative title The socio-occupational vulnerability of children and adolescent recyclable material in Chapeco (SC)
Author Ferraz, Lucimare Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Gomes, Mara Helena de Andréa Autor UNIFESP Google Scholar
Abstract O tema central desse estudo é o trabalho infantil entre catadores de material reciclável. Embora o trabalho infantil seja legalmente proibido, constatamos que muitas famílias em situação econômica frágil e precária, na tentativa de enfrentar a pobreza, inserem precocemente seus filhos em atividades laborais. Segundo diversos autores, a inserção precoce ao universo do trabalho expõe crianças e adolescentes a riscos ocupacionais e sociais, Diante dessa problemática, desenvolvemos um estudo com o objetivo de analisar a vulnerabilidade ocupacional e social de crianças e adolescentes catadoras de material reciclável no município de Chapecó , SC. Como metodologia optou-se por um estudo etnoepidemiológico. Participaram da pesquisa 64 atores sociais, entre eles: crianças, adolescentes catadoras, seus pais e/ou responsável, um informante-chave (ex-catador) e profissionais que atuam na rede de ensino, saúde, assistência social e ambiental. Para coleta dos dados foram realizadas entrevistas, observações e dois encontros de grupo focal. Os resultados apontam que essas crianças e adolescentes são filhos de catadores, possuem precárias condições econômicas e ambientais. Que além da ajuda na prática laboral e financeira do trabalho com material reciclável, os mesmos estão inseridos nesse universo de trabalho como forma encontrada pelas famílias de protegê-los da violência urbana. Quanto aos riscos ocupacionais, esses estão expostos a diversos agravos à saúde, porém a percepção dos riscos e de seus fatores é vista diversificadamente entre os participantes da pesquisa. Ao final do estudo, ficamos com o registro de uma extenuante rotina de vida das crianças e adolescentes, na qual identificamos percepções, riscos e o modo de enfrentamento, ao mesmo tempo, que constatávamos a vulnerabilidade da população estudada.
Keywords Vulnerabilidade a Desastres
Risco
Trabalho de Menores
Uso de Resíduos Sólidos
Etnologia
Epidemiologia
Language Portuguese
Date 2009
Published in FERRAZ, Lucimare. A vulnerabilidade sócio-ocupacional de crianças e adolescentes catadoras de material reciclável em Chapecó (SC). Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 214 p.
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10415

Show full item record




File

Name: TESE_Lucimare Ferraz.pdf
Size: 79.42Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account