Atividade Enzimática da 21-Hidroxilase e da 3beta-Hidroxiesteróide Desidrogenase em Mulheres Hirsutas com e sem Anovulação Crônica

Atividade Enzimática da 21-Hidroxilase e da 3beta-Hidroxiesteróide Desidrogenase em Mulheres Hirsutas com e sem Anovulação Crônica

Título alternativo 3beta-Hydroxysteroid Dehydrogenase and 21-Hidroxylase Enzymatic Activities in Hirsute Women with and without Chronic Anovulation
Autor Prata Lima, Marco Fábio Autor UNIFESP Google Scholar
Baracat, Edmund Chada Autor UNIFESP Google Scholar
Lima, Geraldo Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Pardini, Dolores Perovano Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Cléber Sérgio da Google Scholar
Caetano, Marcos Roberto Google Scholar
Instituição Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro Disciplina de Ginecologia e Obstetrícia Setor de Ginecologia Endócrina e Climatério
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Purpose: to test the adrenal function by a potent stimulus to its reticular layer verifying 3beta-hydroxysteroid dehy-drogenase (3beta-HSD) and 21-hydroxylase (21OH) enzymatic activities. Methods: plasma concentrations of 17alphaOH-pregneno-lone, 17alphaOH-progesterone, cortisol, progesterone, androstenedione, dehydroepiandrosterone (DHEA), dehydroepiandrosterone sulfate (SDHEA) and free testosterone were determined in 39 women, 13 of whom were normal (2 of them used in a pilot study) and 26 had idiopathic hirsutism, 0, 12 and 24 h after injection of ACTH-depot. Results: among hirsute women, we identified different responses that could diagnose any blockage in the steroid pathways leading to the diagnosis of a mild/moderate decreased adrenal function. The 17alphaOH-pregnenolone concentrations varied from 2.0 to 24.6 ng/mL, cortisol values increased from 2.1 to 45.3 and 38.4 mug/dL, 17alphaOH-progesterone levels varied from 50.7 to 346 and 218 ng/mL and progesterone increased from 0.3 to 4.4 and 2.2 ng/mL. Among the reticular layer hormones a rise of SDHEA from 274.7 to 495.5 and 505.8 mg/dL, and of androsterone from 1.1 to 4.0 and 4.5 ng/mL was observed, the levels of free testosterone increased from 1.3 to 1.8 and 2.7 pg/mL and the DHEA levels from 2.4 to 4.7 and 8.5 ng/mL. One patient showed 3beta-HSD deficiency and two others a possible 21OH deficiency. Conclusions: these findings suggest that the ACTH-depot test could be used to exclude the adrenal gland as the possible source of hyperandrogenism in women with idiopathic hirsutism.

Objetivos: testar a atividade supra-renal por meio de um estímulo potente sobre sua camada reticular com o intuito de aferir a atividade da 3b-hidroxiesteróide desidrogenase (3beta-HSD) e da 21-hidroxilase (21OH). Métodos: concentrações plasmáticas de 17alfaOH-pregnenolona, 17alfaOH-progesterona, cortisol, progesterona, androstenediona, deidroepiandrosterona (DHEA), sulfato de deidroepiandrosterona (SDHEA) e testosterona livre foram determinadas em 39 mulheres, sendo 13 normais (2 utilizadas como piloto) e 26 com hirsutismo idiopático nos tempos 0, 12 e 24 horas após injeção de ACTH-depot. Resultados: entre as mulheres hirsutas, identificamos respostas que permitem indicar qualquer bloqueio nas diversas etapas da esteroidogênese, conduzindo ao diagnóstico de função supra-renal diminuída em graus leve/moderado. As concentrações de 17aOH-pregnenolona partiram de 2,0 para 24,6 ng/ml, as de cortisol aumentaram de 2,1 para 45,3 e 38,4mig/dL, as de 17alfaOH-progesterona sofreram incremento de 50,7 para 346 e 218 ng/dL e os níveis de progesterona se elevaram de 0,3 para 4,4 e 2,2 ng/ml. Entre os hormônios da camada reticular verificamos aumento do SDHEA de 274,7 para 495,5 e 505,8 ng/dL, os de androstenediona de 1,1 para 4,0 e 4,5 ng/mL, os de testosterona livre de 1,3 para 1,8 e 2,7 pg/mL e os de DHEA de 2,4 para 4,7 e 8,5 ng/mL. Na avaliação individualizada uma paciente revelou defeito de 3beta-HSD e duas outras, provável defeito de 21OH. Conclusões: estes achados sugerem que o teste com ACTH-depot pode ser utilizado para excluir a supra-renal como possível fonte hiperandrogênica em mulheres com hirsutismo, com ou sem anovulação crônica.
Palavra-chave Hirsutism
ACTH
Adrenal hyperplasia
21-hidroxilase
Hirsutismo
Hiperplasia supra-renal
Testes funcionais
Idioma Português
Data de publicação 2000-10-01
Publicado em Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 22, n. 9, p. 585-591, 2000.
ISSN 0100-7203 (Sherpa/Romeo)
Publicador Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Extensão 585-591
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032000000900008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-72032000000900008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1040

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-72032000000900008.pdf
Tamanho: 331.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta