Desenvolvimento da enfermagem em oncologia na Universidade Federal de São Paulo e no Hospital São Paulo

Exibir registro simples

dc.contributor.author Gutiérrez, Maria Gaby Rivero de [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T22:54:33Z
dc.date.available 2015-12-06T22:54:33Z
dc.date.issued 2009
dc.identifier.citation GUTIÉRREZ, Maria Gaby Rivero de. Desenvolvimento da Enfermagem em Oncologia na Universidade Federal de São Paulo e no Hospital São Paulo: contribuições da Escola Paulista de Enfermagem. 2009. 136 f. Tese (Livre-docência) – Escola Paaulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2009.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10399
dc.description.abstract Introdução: A oncologia se destaca entre os problemas de saúde pública que necessitam de abordagem assistencial interdisciplinar, espaços estruturados fisicamente e tecnologicamente equipados, investimentos científicos e programas educativos para a formação de profissionais e para a orientação da população. Nas últimas décadas, várias inciativas foram tomadas por instituições públicas de saúde e de ensino a partir do foco de análise. Objetivos: descrever o processo de organização da prática assistencial de Enfermagem em Onclogia no contexto do HSP, utilizando a pesquisa científica como instrumento balizador desse processo; descrever o processo de inserção do tema Oncologia na organização educacional dos cursos de graduação em Enfermagem do Brasil e da Escola Paulista de Enfermagem da UNIFESP; analisar as contribuições para o conhecimento de Enfermagem e suas implicãções para a prática, que emergiram do processo de defesa dessa área de especialidade no âmbito da Escola Paulista de Enfermagem. Método: estudo descritivo, baseado na revisão narrativa de literatura, que possibilitou sumarizar os estudos já concluídos e documentos institucionais de interesse para o objeto da investigação. A coleta de dados reuniu 21 artigos publicados sobre o tema oncologia, disponíveis nas bases de dados: lilacs, Medline e Scielo, a partir do emprego de critérios de inclusão. Resultados: o movimento de busca por adequação do atendimento aos pacientes com câncer, no HSP, especialmente àqueles submetidos à quimioterapia, iniciou-se em junho de 1987. Entre tanto, foi a partir da criação do Grupo Multidisciplinar de Oncologia (GMO) e da indicaçã do HSP como Centro de Referência para Tratamento Oncológico, publicado em Diário Oficial da União em agosto de 1991, que as discussões e os estudos sobre a necessidade de melhorar as condições de atendimento nesse setor ganharam força. As mudanças que ocorreram com o trabalho contínuo da EPE foram: investimento na educação permanente dos profissionais de enfermagem no nível técnico, por meio da oferta de cursos de capacitação básica de oncologia e, no nível superior, pela inserção de conteúdos de Oncologia na graduação e na pós graduação, lato e stricto sensu; formalização de linha de pesquisa relacionada à Enfermagem em Oncologia: participação em programas e projetos vinculados ao instituto Nacional do Câncer (INCA) para divulgação do ensino da Oncologia;participação em projetos de reconstrução de estruturas e processos assistenciais necessários para o atendimento aos parâmetros de segurança e qualidade; criação de um Núcleo e Enfer,agem em Oncologia (NEO), com a participação de docentes/pesquisadores, profissionais do campo, estudantes; masis recentemente, criação de um site vinculado ao NEO e de um projeto de extensão para o atendimento de pacientes ambulatoriais (Projeto Acolhe-Onco). Conclusão: A oncologia nas instituições públicas de atenção à saúde e de ensino ainda apesenta condição deficitária de desenvolvimeto, não conseguindo suprir as demandas crescentes nos campos da promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e cuidados paliativos. Entretanto, a trajetória histórica apresentada desvelou que, apesar da velocidade dos avanços não são compatível com a abragência e urgência dos projetos que nasceram das parcerias HSP-UNIFESP e EPE, o caminho foi demarcado por realizações, união de esforços e crença na capaciade de superação. pt
dc.description.abstract Introduction: Oncology is a public health problem that requires interdisciplinary health care approaches, physically structured spaces with specific technological equipments, scientific investments and educational programs to provide professional development and provide the population with orientation. Over the last decades, public health institutions have made several initiatives based on this focus of analysis. Objectives: to describe the process used to organize health care in oncologic nursing within the Hospital São Paulo (HSP) context, using scientific research as the beacon of this process; to describe the process of inserting the oncology theme in the education plan of nursing graduation programs in Brazil and at Escola Paulista de Enfermagem (EPE) – Federal University of São Paulo (UNIFESP); to analyze the contributions that have been made to nursing knowledge and their implications on nursing practice, which emerged from the process of standing for this specificity area at the EPE. Method: descriptive study based on a narrative literature review, which made it possible to summarize studies and institution documents of interest for the object of investigation. Data collection found 20 articles about oncology, which were located on Lilacs, Medline or SciELO databases, using specific inclusion criteria. Results: the HSP movement for making cancer patient care adequate, especially concerning patients undergoing chemotherapy, was initiated in June 1987; however, it was only after the Multidisciplinary Oncology Group (Grupo Multidisciplinar de Oncologia - GMO) was created and the HSP indicated as a reference for oncology treatment that discussions and studies about the need to improve the health care in this sector gained strength. The changes occurred thanks to the continuous efforts made by EPE, including: investing in continuous education for nursing professionals at the technical level, by offering basic training courses in oncology, and at the superior level, by including class contents in graduation and post-graduation courses; formalizing the line of research related to oncologic nursing; participating in programs and projects with the National Cancer Institute (Instituto Nacional do Câncer - INCA) to disseminate education in oncology; participating in projects involving the (re)construction of structures and necessary health care processes for meeting safety and quality parameters; creating the Oncologic Nursing Center (Núcleo de Enfermagem em Oncologia -NEO), with the participation of professors/researchers, professionals of this area, students; and recently developing a website linked to NEO and an extension project for outpatient health care (Acolhe-Onco Project). Conclusion: oncology at public health care and education institutions is still underdeveloped. For this reason it is unable to supply the growing demands in the fields of promotion, prevention, diagnosis, treatment, rehabilitation, and palliative care. However, the historical trajectory presented revealed that, despite the speed of the advancements not being compatible with the coverage and urgency of the projects that emerged from HSP – UNIFESP and EPE partnerships, the pathway has been marked by fulfillment, joint efforts, and the belief in the strength to transcend. en
dc.format.extent 120 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Oncologia pt
dc.subject Enfermagem Oncológica pt
dc.subject Educação em Enfermagem pt
dc.subject Serviço Hospitalar de Oncologia pt
dc.subject Pesquisa em Enfermagem pt
dc.title Desenvolvimento da enfermagem em oncologia na Universidade Federal de São Paulo e no Hospital São Paulo pt
dc.title.alternative Nursing development in oncology at federal University of São Paulo and Hospital São Paulo: contributions from Escola Paulista de Enfermagem en
dc.type Tese de livre-docência
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
dc.identifier.file Tese-11688.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Enfermagem (EPE) pt
unifesp.graduateProgram Enfermagem – São Paulo



Arquivo

Nome: Tese-11688.pdf
Tamanho: 1.753MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Exibir registro simples

Buscar


Navegar

Minha conta