Tradução, adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da Parenteral Stress Scale:Neonatal Intensive Care Unit (PSS:NICU)

Tradução, adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da Parenteral Stress Scale:Neonatal Intensive Care Unit (PSS:NICU)

Título alternativo Translation, cross cultural, adaptation and validation in Portuguese language of the Parenteral Stress Scale: Neonatal Intensice Care Unit(PSS:NICU)
Autor Souza, Sandra Regina de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Dupas, Giselle Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Descrição Para citação, referenciar também o artigo: Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da Parental Stress Scale: Neonatal Intensive Care Unit (PSS:NICU) (http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6920) conforme determinação da autora.
Resumo Introdução: a internação de um recém-nascido na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) é um acontecimento inesperado e assustador com o qual os pais não estavam preparados para lidar.Esse evento, que gera sofrimento na família, traz para os profissionais da saúde uma demanda de cuidado, cujo intuito é amenizar as repercussões dessa hospitalização no cotidiano da família. Como enfermeira neonatologista, a autora percebe o estrese dos pais no ambiente neonatal e a necessidade de instrumentos objetivos para identificá-lo e para elaborar as intervenções de enfermagem. No Brasil não encontramos um instrumento para avaliar este tipo de estresse. A escala Parenteral Stress Scale Neonatal Intensive Care Unit(PSS:NICU) é um instrumento desenvolvido por Margaret S. Milles nos Estados Unidos, cuja finalidade é avaliar esse tipo de estresse, tem sido utilizado em vários países. Objetivo: fazer a tradução, a adaptação cultural e a validação da PSS:NICU na língua portugues. Método: fora, utilizadas as etapas de tradução e adaptação cultural proposta Guillemin et al.(1993) que incluem tradução, retradução, análise por um comitê de revisores e preteste da escala. Foi reaizada também análise da confiabilidade por meio do teste e reteste e da consistência interna. Foi feita a validação clínica da versão da escala PSS:NICU na língua portuguesa a uma amostra de 163 país em dois hospitais no Estado de São Paulo.Resultados: a escala na língua portuguesa foi prestada e o nível de compreensão dela foi considerado adequado. A investigação da confiabilidade mostrou boa consistência interna na aplicação a pais brasileiros.Os valores obtidos dos coeficientes de correlação intraclasse ficaram em torno de 0,70, mostrando-se uma boa estabilidade entre as duas avaliações. A análise fatorial pelo método de componentes principais utilizou os mesmos critérios da escala original, com rotação Varimax, que apresentaram grau de variância adequado de 57,9%.Os escores de estresse dos pais foram de 2,3(pouco estressante) na subescala "sons e imagens"; 2,9(moderadamente estressante)na subescala "aparência e comportamento do bebê" e 3,7(muito estressante) na subescala "alteração papel de pais" na métrica 1(Nível de Ocorrência de Estresse")e 2,2; 2,6 e 3,4(pouco, moderadamente e muito estresse) respectivamente na métrica 2(Nível Geral de Estresse").Conclusão: a PSS:NICU na versão em português é uma ferramenta válida e confiável para avaliar o estresse de pais na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.
Palavra-chave Enfermagem neonatal
Estudos de validação
Pais
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Estresse psicologico
Questionários
Neonatal Nursing
Validation Studies
Parents
Intensive Care Units, Neonatal
Stress, Psychological
Questionnaires
Idioma Português
Data de publicação 2009-06-24
Publicado em SOUZA, Sandra Regina de. Tradução, adaptação cultural e validação para a língua portuguesa da Parenteral Stress Scale:Neonatal Intensive Care Unit (PSS:NICU). 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 149 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10125

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-00386a.pdf
Tamanho: 2.039MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-00386b.pdf
Tamanho: 1.909MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-00386c.pdf
Tamanho: 2.006MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta