Tradução para o idioma português, adaptação cultural, validade e confiabilidade da Escala de Qualidade de Serviços de Saúde

Tradução para o idioma português, adaptação cultural, validade e confiabilidade da Escala de Qualidade de Serviços de Saúde

Título alternativo Translation to portuguese language, cultural adaptation, validity, reliability of Helath Service Quality Scale
Autor Rocha, Luiz Roberto Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: The trend of listening to patients when it comes to information about the quality of health service is increasing and can act as a good starting point when looking for quality improvements. Patient satisfaction is paramount when health organizations are looking for guidance. There have been relatively few studies of how the quality of services in specific situations should be improved and evaluated. Objectives: To translate into Portuguese, adapt to the Brazilian culture context, check the validity and reliability of “Health Service Quality Scale”. Methods: “Health Service Quality Scale” is a publication made up of 73 sections. Study methodology has been divided up into the following stages - Translation, cultural adaptation and verification of validity and reliability. The final version in Portuguese has been linked together with the SERVQUAL scale. The Results: We tested validity (Pearson’s Coefficient of Correlation 0,20); reliability: internal consistency (Cronbach’s Alpha 0,982 and 0,986) and testing-retesting (Pearson’s Coefficient of Correlation 0,89 and Interclass Coefficient of Correlation 0,90). It was consolidated the Health Service Quality Scale / Plastic Surgery – Escola Paulista de Medicina - EQSS/CP-EPM. Conclusions: “Health Service Quality Scale” has been translated into Portuguese and adapted to the Brazilian’s culture. The instrument showed itself to be reliable and a valid means of evaluating health services.

Introdução: A crescente experiência de escuta ao paciente como fonte de informação sobre a qualidade dos serviços de saúde pode ser fundamento de um roteiro para a melhoria da qualidade. A satisfação dos pacientes é um elemento crítico que deve orientar as organizações de saúde. São relativamente poucos os estudos que tratam do desenvolvimento de instrumentos de avaliação da qualidade de serviços em contextos específicos. Objetivos: Traduzir para o idioma português, adaptar ao contexto cultural brasileiro, verificar a validade e a confiabilidade da Escala de Qualidade de Serviços de Saúde. Métodos: A Escala de Qualidade de Serviços de Saúde é um instrumento composto por 73 itens. O estudo foi dividido nas seguintes etapas: processo de tradução e adaptação cultural, verificação da validade e confiabilidade. A versão final em português foi aplicada juntamente com a escala SERVQUAL. Foram entrevistados 116 pacientes. Resultados: Foram verificadas: Validade (Coeficiente de Correlação de Pearson foi de 0,20); Confiabilidade: consistência interna (Alfa de Cronbach foi de 0,982 e 0,986) e, teste-reteste (Coeficiente de Correlação de Pearson foi de 0,89 e Coeficiente de Correlação Intraclasses foi de 0,90). Consolidou-se a Escala de Qualidade de Serviços de Saúde / Cirurgia Plástica – Escola Paulista de Medicina – EQSS/CP-EPM. Conclusões: A Escala de Qualidade de Serviços de Saúde foi traduzida para o idioma português e adaptada à cultura brasileira. Verificou-se validade e confiabilidade do instrumento para a avaliação da qualidade de serviços de saúde.
Palavra-chave Avaliação de serviços de saúde
Questionários
Tradução (processo)
Gestão em saúde
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-25
Publicado em ROCHA, Luiz Roberto Martins. Tradução para o idioma português, adaptação cultural, validade e confiabilidade da Escala de Qualidade de Serviços de Saúde. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 151 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10122

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-426a.pdf
Tamanho: 1.952MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-426b.pdf
Tamanho: 1.921MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta