Short-Form 36, Escala de Autoestima Rosenberg-UNIFESP/EPM e Oral Health Impact Profile em pacientes submetidos ao clareamento dental

Short-Form 36, Escala de Autoestima Rosenberg-UNIFESP/EPM e Oral Health Impact Profile em pacientes submetidos ao clareamento dental

Título alternativo Short-Form 36, Rosenberg-UNIFESP/EPM Self-Esteem Scale and Oral Health Impact in profile of pacients submitted to dental bleaching
Autor Brankovic, Milene Russo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional - São Paulo
Resumo INTRODUCTION: Technological advances in dental bleaching have allowed success in dental treatment, with greater effectiveness in indirect benefits such as awareness of oral hygiene, changes in habits and preservation of functional capacity as also well-being and longevity with consequent oral health, which considers the quality of life and self-esteem. OBJECTIVE: To evaluate the quality of life and self-esteem in patients undergoing tooth whitening. METHODS: Forty-five patients (30 patients in study group and 15 in control group) were submitted to dental bleaching and to self-applied questionnaires to assess self-esteem, quality of life and oral health (Rosenberg, SF-36 and OHIP-49). RESULTS: Through the nonparametric Wilcoxon test statistically significant differences were observed in self-esteem of study group (p=0,002), as well as the SF-36 vitality domain (p=0,019). In the OHIP- there was no significant difference in functional limitation domain (p-0.015); physical pain (p-0,014); psychological distress (p=0,003) and psychological disability (p=0,016). In the nonparametric Mann-Whitney test, intergroup analysis showed difference of statistical significance in self-esteem (p=0,011), as also in the OHIP-49 in psychological discomfort (p=0,045), psychological disability (p=0,017) and total domains (p=0,040). The SF3-6 showed no significant difference in any questionnaire. CONCLUSION: Tooth whitening presented a positive impact on selfesteem and quality of life of patients.

INTRODUÇÃO: Os avanços tecnológicos do clareamento dental têm possibilitado o sucesso no tratamento odontológico, na obtenção de maior efetividade nos benefícios indiretos como a consciência com a higiene, mudanças de hábitos e a preservação da capacidade funcional e do bemestar, com consequente longevidade da saúde bucal. Os instrumentos de qualidade de vida quantificam objetivamente estas mudanças e são capazes de demonstrar o impacto positivo na saúde e na autoestima destes pacientes. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida e autoestima em pacientes submetidos ao clareamento dental. MÉTODOS: Este estudo foi composto por 45 pacientes (30 grupo estudo e 15 grupo controle) submetidos ao clareamento dental e à aplicação de questionários autoaplicáveis para avaliação de qualidade de vida, autoestima, e saúde bucal (SF-36, Escala de Auto-Estima Rosenberg-UNIFESP/EMP e OHIP-49). RESULTADOS: Nos testes não paramétricos de Wilcoxon foram observadas diferenças de significância estatística no domínio de autoestima do grupo estudo (p=0,002); bem como no SF-36 no domínio vitalidade (p=0,019). No OHIP-49 houve diferença significante no domínio limitação funcional (p=0,015); dor física (p=0,014); desconforto psicológico (p=0,003) e incapacidade psicológica (p-0,016). Nos testes não paramétricos de Mann-Whitney, na análise intergrupos observouse diferença de significância estatística na autoestima (p=0,011), no OHIP- 49 nos domínios desconforto psicológico (p=0,045), incapacidade psicológica (p=0,017) e total (p=0,040). O SF-36 não apresentou diferença significativa em nenhum domínio. CONCLUSÃO: O clareamento dental promoveu impacto positivo na qualidade de vida e autoestima dos pacientes.
Palavra-chave Autoimagem
Autoestima
Qualidade de vida
Questionários
Clareamento dental
Idioma Português
Data de publicação 2010-11-24
Publicado em BRANKOVIC, Milene Russo. Short-Form 36, Escala de Autoestima Rosenberg-UNIFESP/EPM e Oral Health Impact Profile em pacientes submetidos ao clareamento dental. 2010. 161 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 161 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10082

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publica-349b.pdf
Tamanho: 1.547MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-349a.pdf
Tamanho: 1.302MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta