Perimetria computadorizada em pacientes de mais de 70 anos de idade

Perimetria computadorizada em pacientes de mais de 70 anos de idade

Título alternativo Computerized perimetry in over 70-year-old patients
Autor Carvalhaes, Maria Helena Mandello Autor UNIFESP Google Scholar
Belfort, Rubens Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Medina, Norma Helen Autor UNIFESP Google Scholar
Rolim, Cristiane Autor UNIFESP Google Scholar
Prata Junior, João Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Purpose: To compare global indices and duration of automated visual field tests in geriatric patients and in patients below 60 years old. Methods: 24-2 Humphrey visual field examinations were performed in 56 patients from the Geriatrics Department of UNIFESP-EPM and in 23 subjects aged below 60 years. Test reliability, duration and global indices were compared between groups for the right and left eyes. Among geriatric patients the same variables were studied between reliable and nonreliable fields and in those with bilateral reliable tests (OD x OS). Results: Mean age of geriatric patients was 77.7 ± 5.0 years and 50.0 ± 5.0 years in those below 60 years (p<0.001). PSD and CPSD differed statistically between geriatric and nongeriatric patients (PSDOD p = 0.02 and OS p =0.03; CPSDOD p =0.02 and OS p =0.44). Geriatric patients spent statistically more time to perform the test (t geriatrics OD= 11.8 ± 1.8min &frac34; t below 60=11.1 ± 1.9min p = 0.04; t ge-riatric OS=11.4 ± 1.4 min - t below 60 OS = 10.8 ± 1.8 min p = 0.009). In geriatric patients, nonreliable exams had statistically higher PSD and CPSD values than reliable fields. In those geriatric cases with bilateral exams, there were no statistical differences in global indices or test duration (pMD = 0.4; pPSD = 0.9; pSF = 0.68; pCPSD = 0.92; p duration = 0.11). Conclusion: Geriatric patientes spent statistically more time to perform the test and had higher PSD and CPSD values, suggesting higher visual field variability.

Objetivo: Comparar os índices globais e o tempo do exame de campo visual computadorizado entre pacientes de mais de 70 anos e abaixo de 60 anos de idade. Método: Foram realizados exames de campo visual (Humphrey 24-2) em 56 pacientes com mais de 70 anos (88 olhos) e em 23 pacientes com idade inferior a 60 anos (46 olhos). Comparou-se entre os grupos os índices globais, tempo de exame e confiabilidade, para o olho direito e esquerdo. Entre os pacientes com mais de 70 anos comparou-se exames confiáveis e não-confiáveis. Dos pacientes com exame confiável bilateral foi realizada comparação entre os índices globais e tempo de exame entre olho direito e esquerdo. Resultados: A média de idade dos pacientes de mais de 70 anos foi 77,7 ± 5 anos e dos abaixo de 60 anos de 50,0 ± 5 anos. Houve diferença estatística do Pattern Standard Deviation (OD p = 0,02 e OE p = 0,03), Corrected Pattern Standard Deviation (OD p = 0,02 e OE p = 0,44). Os pacientes de mais de 70 anos de idade necessitaram de um maior tempo para realização do exame (t acima de 70 anos OD= 11,8 ± 1,8min - t abaixo 60=11,1 ± 1,9min p = 0,04; t acima de 70 anos OE=11,4 ± 1,4 min - t abaixo 60 OE = 10,8 ± 1,8 min p = 0,009). Nos pacientes de mais de 70 anos de idade, os campos não-confiáveis apresentaram maiores valores de PSD e CPSD de forma estatisticamente significante. A comparação em casos dos pacientes com mais de 70 anos de idade com exames bilaterais não evidenciaram diferenças estatísticas para os todos índices globais e para o tempo de exame (pMD = 0,4; pPSD = 0,9; pSF = 0,68; pCPSD = 0,92; p tempo = 0,11). Conclusão: Observou-se um maior tempo de exame entre os pacientes com mais de 70 anos de idade e valores de PSD e CPSD estatisticamente mais elevados sugerindo uma maior variação da sensibilidade no campo visual destes pacientes.
Palavra-chave Humphrey perimeter
Age
Visual Field
Perímetro automático Humphrey
Idade
Campo visual
Idioma Português
Data de publicação 2000-08-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 63, n. 4, p. 283-286, 2000.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 283-286
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492000000400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492000000400008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1008

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492000000400008.pdf
Tamanho: 182.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta