Resolução Temporal, localização e identificação de sons verbais degradados em portadores de perda auditiva unilateral com e sem dificuldade de linguagem

Resolução Temporal, localização e identificação de sons verbais degradados em portadores de perda auditiva unilateral com e sem dificuldade de linguagem

Título alternativo Temporal resolution, localization and identification of degraded verbal souds in individuals with unilateral hearing loss with and without language difficulty
Autor Nishihata, Regiane Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Chiari, Brasilia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The goal of this research is to verify the temporal resolution , sound localization and identification of degraded verbal sounds in individuals with unilateral hearing loss and investigate possible associations with learning or language disorders. Method: Twenty-six 8 to 15 year-old girls and boys participated in this study .Thirteen had normal hearing ( GSP ).Thirteen had a unilateral hearing loss ( GP ) and were divided into 2 groups: GPAD, with right hearing loss, and GPAE, with left hearing loss . An anamnesis was performed with parents who provided information about child’s auditory, communicative and linguistic behavior as well as performance at school. They informed what the risk factors were, the age of the child when they suspected there might be a hearing loss and the age when the diagnosis was established .The individuals underwent auditory processing assessment with speech in noise tests, sound localization and a gap detection test (RGDT).The data were analyzed with non- parametric tests and a 0.05 significance level. Results. There was no significant difference between the group with hearing loss (GP) and the group without hearing loss (GSP) as to temporal resolution. There was significant difference between the group with hearing loss (GP) and the group without loss (GSP) in degraded sound analysis through speech in noise test. There was significant difference between the group with hearing loss (GP) and the group without loss (GSP) in sound localization in five directions. The group with hearing loss (GP) presented more auditory, communicative and linguistic difficulties than the group without hearing loss. Within the group with hearing loss (GP), the children with right hearing loss ( GPAD ) had a history of speech and language delay, failed at school, attended school remedial programmes , and had behavioural problems more often than GPAE, the children with left hearing loss . Conclusion: Temporal resolution did not distinguish individuals without hearing loss and those with unilateral hearing loss. Individuals with unilateral hearing loss did less well in sound localization and closure tasks and did not communicate as proficiently as those without hearing loss. The Individuals with right hearing loss (GPAD) had often had speech and language delay, academic difficulty, and behavioural problems.

Objetivos: verificar o comportamento de resolução temporal, de localização sonora e de identificação de sons verbais degradados em indivíduos portadores de perda auditiva unilateral e investigar possíveis associações com a presença ou não de queixas de dificuldades escolares, comunicação e de linguagem. Método. Participaram deste estudo 26 indivíduos, sendo 13 portadores de perda auditiva unilateral, que constituiu o GP e foi subdividido em GPAD (perda auditiva unilateral na orelha direita) e GPAE (perda na orelha esquerda) e 13 ouvintes normais, dos sexos masculino e feminino, com idade entre 8 a 15 anos. Foi realizada anamnese com os pais que responderam um questionário desenvolvido pelas autoras que visa caracterizar o desempenho auditivo, comunicativo e de linguagem, através de dados referentes à idade de suspeita e diagnóstico da perda, fatores de risco auditivos, desenvolvimento de fala e linguagem bem como desempenho escolar. Ainda, foram submetidos à avaliação do Processamento Auditivo por meio dos testes fala com ruído, memória seqüencial verbal e não verbal, localização sonora em cinco direções e teste de detecção de gap randomizado (RGDT). Os dados foram analisados estatisticamente com testes não paramétricos, em um nível de significância de 0.05. Resultados. Não houve diferenças significantes entre o Grupo com Perda Auditiva (GP) e Grupo sem perda auditiva (GSP) na análise do comportamento de resolução temporal medido pelo limiar de acuidade temporal por meio do Teste RGDT. Houve diferenças significantes entre Grupo com Perda Auditiva (GP) e Grupo sem Perda (GSP) na análise de sons degradados por meio do Teste Fala com Ruído. Houve diferenças significantes entre Grupo com Perda Auditiva (GP) e Grupo sem Perda (GSP) na análise do comportamento de localização sonora por meio do Teste de Localização Sonora em cinco direções. O grupo com Perda Auditiva (GP) apresentou maiores índices de dificuldades em seu desempenho auditivo, comunicativo e de linguagem do que as crianças do Grupo Sem Perda Auditiva. Dentro do Grupo com Perda Auditiva (GP) os maiores índices de repetência escolar, freqüência de programa de apoio escolar, problemas comportamentais, atraso de fala e linguagem ocorreram no Grupo com Perda Auditiva à Direita (GPAD). Conclusão: Resolução temporal não distinguiu indivíduos com e sem perda auditiva. Indivíduos com perda auditiva unilateral desempenharam-se pior em tarefas de localização sonora, fechamento e comunicação do que os sem perda auditiva. Grupo com Perda Auditiva Unilateral à direita (GPAD) teve pior desempenho comunicativo, mais atraso de fala ou linguagem e mais problemas comportamentais do que o grupo com perda auditiva à esquerda.
Palavra-chave Acuidade auditiva
Patologia da fala e linguagem
Qualidade de vida
Transtornos da audição
Audicão
Técnicas de diagnóstico otológico
Diagnostic techniques, otological
Speech-language pathology
Quality of life
Hearing disorders
Hearing
Acuity hearing
Idioma Português
Data de publicação 2010-02-24
Publicado em NISHIHATA, Regiane. Resolução Temporal, localização e identificação de sons verbais degradados em portadores de perda auditiva unilateral com e sem dificuldade de linguagem. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10049

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-101.pdf
Tamanho: 1.002MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta