Regulação epigenética no envelhecimento e no câncer gástrico

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Smith, Marilia de Arruda Cardoso [UNIFESP]
dc.contributor.author Gigek, Carolina Oliveira [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-07-22T20:50:42Z
dc.date.available 2015-07-22T20:50:42Z
dc.date.issued 2011-02-22
dc.identifier.citation GIGEK, Carolina de Oliveira. Regulação epigenética no envelhecimento e no câncer gástrico. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10020
dc.description.abstract Objetivos: O processo de envelhecimento e a maioria das neoplasias podem ser regulados por alterações epigenéticas, dentre elas a metilação do DNA. Este estudo tem como objetivos: a) analisar a frequência de metilação dos promotores dos genes SIRT1; SIRT3, hTERT, SMARCA5, CDH1, IGFBP3, CAV-1 no envelhecimento e no adenocarcinoma gástrico; b) avaliar a expressão das proteínas codificadas desses genes em tecidos gástricos tumoral e normal; c) associar resultados com dados clinicopatológicos da amostra. Métodos: A frequência de metilação desses genes foi analisada por PCR metilação-específica (MS-PCR) em amostras de linfócitos de jovens e idosos, bem como em adenocarcinoma gástrico e margens normais. A análise da expressão protéica foi realizada por imunoistoquímica. Resultados: Os promotores dos genes SIRT1 e IGFBP-3 apresentaram maior metilação em idosos, quando comparado ao grupo jovem. Além disso, dentre os sete genes estudados, cerca de 85% dos idosos apresentaram quatro ou mais desses genes hipermetilados, enquanto que entre jovens mais de 50% apresentou até três genes metilados (p=0,001). A proteína SIRT1 apresentou uma expressão seis vezes maior em tumores do que em tecido não neoplásico (p=0,0003), já SIRT3 apresentou maior expressão em tecido não neoplásico do que em tumoral (OR=0,313; p=0,005). SIRT3 encontrou-se mais frequentemente hipermetilado quando não havia expressão de sua proteína (p=0,0019). O gene hTERT apresentou-se mais frequentemente hipermetilado em amostras tumorais (p=0,0002) e sua expressão protéica foi observada somente em tumores (p<0,0001). SMARCA5 apresentou maior expressão no tecido neoplásico quando comparado com a margem do tecido gástrico (p<0,001) e a expressão de sua proteína estava associada à ausência de metilação do promotor gênico (p=0,0104). Caveolina-1 também foi mais frequentemente observada em tumores quando comparada ao não neoplásico (p<0,0001), principalmente no tipo intestinal (P=0,0008). A metilação do promotor do gene CAV1 foi associada à ausência de expressão em amostras tumorais (p=0,0001). Para IGFBP-3, foi observado ainda maior expressão em tumores do que em tecido não neoplásico (p<0,0001). CDH1 estava presente em 100% das amostras de tecido não neoplásico, diferindo do tumoral (p<0,0001). Conclusões: No processo do envelhecimento natural, ocorre um aumento da metilação em promotores de genes específicos com a idade, que pode influenciar a expressão gênica. Além disso, no câncer gástrico, as proteínas SIRT1, hTERT, SMARCA5, CDH1, IGFBP-3 e CAV1 apresentaram uma maior expressão, podendo configurar bons biomarcadores e possíveis alvos terapêuticos. SIRT3 foi a única proteína com função protetora contra esse tipo tumoral. A regulação epigenética pela metilação do DNA parece ocorrer em tecido gástrico somente para os genes SIRT3, SMARCA5 e CAV1, porém a análise da metilação dos genes hTERT e CDH1 também pode servir como marcador para a neoplasia estudada. pt
dc.format.extent 170 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Epigênese genética pt
dc.subject Metilação de DNA pt
dc.subject Neoplasias gástricas pt
dc.subject Envelhecimento pt
dc.title Regulação epigenética no envelhecimento e no câncer gástrico pt
dc.title.alternative Epigenetic regulation in aging and gastric cancer en
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.identifier.file Publico-12454a.pdf
dc.identifier.file Publico-12454b.pdf
dc.identifier.file Publico-12454c.pdf
dc.identifier.file Publico-12454d.pdf
dc.identifier.file Publico-12454e.pdf
dc.identifier.file Publico-12454f.pdf
dc.identifier.file Publico-12454g.pdf
dc.description.source TEDE
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)



Arquivos deste item

Nome: Publico-12454a.pdf
Tamanho: 2.669Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12454b.pdf
Tamanho: 1.916Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12454c.pdf
Tamanho: 2.079Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12454d.pdf
Tamanho: 1.130Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12454e.pdf
Tamanho: 870.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12454f.pdf
Tamanho: 1.126Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: Publico-12454g.pdf
Tamanho: 1.136Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples