Reconhecimento de fala em idosos: elaboração e aplicação de um teste considerando a previsibilidade da palavra

Reconhecimento de fala em idosos: elaboração e aplicação de um teste considerando a previsibilidade da palavra

Título alternativo Speech Recognition in elderly: elaboration and application of a test considering the word predictability
Autor Calais, Lucila Leal Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Borges, Alda Christina Lopes de Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: To create and to verify the effectiveness of speech recognition assessment instrument, when the predictability of the word is considered in elderly with and without hearing loss. Methods: To create the instrument, initially, the words were taken from the Portuguese Language corpus. The concreteness and a association test were applied to assist the development of the instrument. It was determined that the sentences would be declaratives, affirmatives, with a simple period structure and extension control. Finally, it was applied a predictability test, in order to achieve sentences with high and low predictability. Following, four lists of sentences were chosen with low and high predictability. The speech recognition test using sentences with high and low predictability was recorded in a professional studio and applied in 36 elderly people with normal hearing thresholds up to 4 kHz or with sensorineural hearing loss mild to moderate degree. All elderly people were submitted to a clinical history, audiological conventional evaluation, as well as the elaborated speech recognition test. Participants were distributed in four groups, and two took the test under the condition of silence and masking ipsilateral noise in the signal/noise ratio + 5 dB, and the other two groups only in the noise condition in relations + 5 dB and 0 dB . Results: The concreteness test revealed a tri-modals distribution, with words grouped in categories of low, medium and high concreteness. In the semantic association test all words generated, at least, two associated words, both to verbs and nouns groups evoked. The predictability sentences test generated, in 191 sentences in the categories of low and high predictability. Considering the hearing evaluation and the Test of Speech Recognition with High and Low Predictability Sentences in Noise, the results showed the differences among the groups with worst thresholds and performance in the groups with hearing loss. In silence, the speech recognition test resulted in similar performance to the participants. In general, it was noticed that words scores was greater in high predictability sentences. The noise had a negative influence on speech recognition, meanly when more intense. The predictability support benefited the elderly mostly. There was no significant difference comparing the obtained responses for the right and left ears, according to the order of presentation of the test for the first and second ears. Conclusions: The instrument elaborated permitted to evaluate the speech recognition in the elderly people considering the predictability support, observing the negative impact of peripheral hearing loss and the competitive noise.

Objetivo: Elaborar e verificar a eficácia de um instrumento de avaliação do reconhecimento de fala, quando a previsibilidade da palavra é considerada, em idosos com e sem perda auditiva. Métodos: Para a elaboração do instrumento, inicialmente as palavras foram provenientes de um corpus na Língua Portuguesa. Foi aplicado um teste de concretude e um teste de associação semântica para auxiliar a elaboração do instrumento. Determinou-se que as frases fossem declarativas, afirmativas, com estrutura de um período simples e com controle da extensão. Por fim, foi aplicado um teste de previsibilidade a fim de se obter frases de previsibilidade baixa e alta. A seguir, quatro listas foram geradas com frases de previsibilidade baixa e alta. O Teste de Reconhecimento de Fala utilizando Frases de Previsibilidade Alta e Baixa foi gravado em um estúdio profissional e aplicado em 36 idosos que apresentavam limiares tonais normais até 4 kHz, ou perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderado. Todos os idosos foram submetidos a uma anamnese, avaliação audiológica convencional, bem como o teste de reconhecimento de fala elaborado. Os participantes foram distribuídos em quatro grupos, sendo que dois realizaram o teste na condição de silêncio e com ruído competitivo ipsilateral na relação sinal/ruído + 5 dB, e os outros dois grupos somente com ruído nas relações + 5 dB e 0 dB. Resultados: O teste de concretude revelou uma distribuição tri-modal, sendo as palavras agrupadas nas categorias de baixa, média e alta concretude. No teste de associação semântica todas as palavras geraram no mínimo duas palavras associadas para o grupo de verbos e para o de substantivos evocados. O teste de previsibilidade das frases gerou um total de 191 frases nas categorias de previsibilidade baixa e alta. Considerando a avaliação audiológica e o desempenho no Teste de Reconhecimento de Fala utilizando Frases de Previsibilidade Alta e Baixa no Ruído, os resultados evidenciaram as diferenças entre os grupos, sendo os limiares e o desempenho piores nos grupos com perda auditiva. No silêncio, o teste de reconhecimento de fala, resultou em igual desempenho para os participantes. De maneira geral, foi observado que a pontuação das palavras foi maior nas frases de previsibilidade alta. O ruído influenciou negativamente o reconhecimento de fala, principalmente quando mais forte. O apoio da previsibilidade beneficiou os idosos na sua grande maioria. Não houve diferença significante na comparação da entre as respostas obtidas para as orelhas direita e esquerda, de acordo com a ordem de apresentação do teste para a primeira e a segunda orelha testadas. Conclusões: O instrumento elaborado permitiu avaliar o reconhecimento de fala em idosos considerando o apoio da previsibilidade, sendo observado o impacto negativo da perda auditiva periférica e do ruído competitivo.
Palavra-chave Cognição
Envelhecimento
Presbiacusia
Percepção de fala
Idioma Português
Data de publicação 2011-01-26
Publicado em CALAIS, Lucila Leal. Reconhecimento de fala em idosos: elaboração e aplicação de um teste considerando a previsibilidade da palavra. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 165 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/10014

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-12498a.pdf
Tamanho: 1.340MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-12498b.pdf
Tamanho: 1.151MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta